Revista Exame

Andrea Cerqueira, VP da Microsoft Brasil: em busca da inteligência artificial acessível e pragmática

Liderança da Microsoft Brasil dedicada à agenda das PMEs, Andrea Cerqueira acredita que o robô virtual ChatGPT pode trazer ganhos de eficiência para empreendedores

Andrea Cerqueira, vice-presidente da Microsoft Brasil para vendas corporativas e startups (Marcelo Justo/Divulgação)

Andrea Cerqueira, vice-presidente da Microsoft Brasil para vendas corporativas e startups (Marcelo Justo/Divulgação)

Leo Branco
Leo Branco

Editor de Negócios e Carreira

Publicado em 22 de março de 2023 às 06h00.

A terceira edição do estudo Transformação Digital para­ ­MP­MEs, feito pela Microsoft e pela agência de comunicação Edelman com entrevistas online a 312 líderes de micro, pequenas e médias empresas brasileiras em novembro do ano passado, mostrou um cenário de digitalização forçada pela pandemia — e de dúvidas dos empreendedores sobre como lidar com os próximos passos dessa jornada.

Para Andrea Cerqueira, vice-presidente da Microsoft Brasil para vendas corporativas e startups, o desafio agora é ter uma jornada digital segura. Cerqueira chegou à Microsoft Brasil no ano passado, após duas décadas de experiência em outras empresas de tecnologia.

Na entrevista a seguir, ela comenta os resultados da pesquisa e os benefícios da inteligência artificial (IA), uma das principais apostas da Microsoft, que recentemente anunciou o investimento de 10 bilhões de dólares na OpenAI, desenvolvedora do robô virtual ChatGPT.

Quais foram as principais surpresas da pesquisa deste ano?

A pandemia provocou uma digitalização acelerada em negócios de pequeno porte no Brasil. As PMEs já usam tecnologia para chegar a clientes e coordenar o trabalho, que é híbrido em muitas delas. A questão agora é fazer isso com segurança. Percebemos que ataques cibernéticos estão entre as maiores preocupações das empresas.

Como evitar esse tipo de risco?

Poucas PMEs têm a tecnologia como “core” do negócio. A liderança de um negócio desse porte precisa se desdobrar com muitas coisas. A minha recomendação aos empreendedores é estarem próximos de seus parceiros de tecnologia em qualquer decisão estratégica.

A Microsoft é parceira do OpenAI, desenvolvedor do robô ChatGPT. A inteligência artificial pode ajudar as PMEs?

Queremos uma inteligência artificial acessível e com impacto pragmático para todos, inclusive para os negócios. Nossa visão é a de que um negócio não precisa ter especialistas supertécnicos para tirar vantagem do potencial da IA. Bill Gates fundou esta empresa com a visão de colocar um computador em cada residência. Agora seguimos a tradição de democratizar tecnologias.

Como a Microsoft vai colocar a IA a serviço das PMEs?

Por causa da parceria com a ­OpenAI, estamos agregando a IA a nossos softwares de CRM, nuvem, Teams e outros. Queremos uma tecnologia acessível e com benefícios tangíveis para o negócio. Não é mais necessário grandes orçamentos para ter um negócio híbrido, digital e seguro, com tudo o que a tecnologia fornece.


Mais digitais e aceleradas

Para as micro e pequenas empresas, a corrida para a adoção de tecnologias durante a pandemia foi positiva e trouxe ganhos de longo prazo

92% das empresas reconhecem que estão em processo de transformação digital e 98% delas reconhecem o impacto positivo desse movimento

Fonte: Pesquisa Transformação Digital para MPMEs, da Microsoft.


(Arte/Exame)

 

(Publicidade/Exame)

Acompanhe tudo sobre:Revista EXAME

Mais de Revista Exame

Dress watches: IWC apresenta três modelos do Portugieser

Swarovski apresenta coleção baseada nos mistérios subaquáticos

Aplicações na adega: o vinho como investimento financeiro

A luta e o recomeço

Mais na Exame