Com novo modelo de franquia, Hope vai abrir 100 novas lojas em 2022

A empresária Sandra Chayo conta mais sobre a própria rotina e os planos futuros da empresa
 (Leandro Fonseca/Exame)
(Leandro Fonseca/Exame)
M
Mariana DesidérioPublicado em 14/04/2022 às 05:48.

Uma das donas da marca de moda íntima Hope, a empresária Sandra Chayo descobriu a importância de respeitar o próprio tempo no trabalho. Antes, ela testou limites. Chayo tentou aderir à prática de acordar muito cedo, difundida pelo best-seller O Milagre da Manhã, de Hal Elrod, que criou uma legião de adeptos ao hábito de acordar às 5 da manhã.

Conquiste um dos maiores salários no Brasil e alavanque sua carreira com um dos MBAs Executivos da EXAME Academy.

“Me interessei pela proposta do livro e decidi tentar, mas logo vi que precisava respeitar meu ritmo”, diz. “Preciso de 8 a 9 horas de sono. Acordar às 5 horas não era importante para meu desempenho no trabalho.” A tentativa reforçou para Chayo a noção de que é necessário se sentir bem consigo mesma para dar conta do tranco na empresa.

Em vez de adiantar o despertador, a empresária tem acordado no horário que funciona melhor para ela, às 7 horas, e usa a manhã para cuidar de si, com exercícios físicos. “Acredito que a gente tem de estar bem de dentro para fora”, diz. A filosofia está conectada ao propósito da Hope. “A lingerie cria essa conexão comigo mesma. Se eu não estou com uma boa lingerie, não tenho a autoconfiança para performar como gostaria”, diz.

O respeito ao próprio tempo e o autocuidado têm ajudado Chayo a liderar a Hope em um período importante de expansão. Com mais de 50 anos de história, a empresa lançará em breve uma linha de moda masculina. A aposta vem 23 anos após a cisão com a marca de cuecas Mash, até então parte do grupo da Hope. A linha vai começar com pijamas e depois seguir com cuecas e outras peças, tudo com a marca Hope. A coleção masculina estará disponível a partir de junho e deverá crescer no segundo semestre.

Na frente de lojas, a meta para 2022 é ambiciosa: abrir cerca de 100 novas unidades, ante 35 no ano passado. O impulso para essa expansão veio com um novo modelo de franquia, batizado de Hope Duo, que reú­ne as marcas Hope, de roupa íntima, e Hope Resort, de moda praia e fitness. O modelo foi desenhado para cidades de até 200.000 habitantes e tem sido importante para a expansão da marca pelo interior.

(Arte/Exame)