Tudo sobre o CEO da Audi no Brasil

CEO da montadora no Brasil, Johannes Roscheck só vê vantagens no trabalho remoto
 (Leandro Fonseca/Exame)
(Leandro Fonseca/Exame)
D
Daniel SallesPublicado em 12/02/2021 às 08:00.

Como quase todo mundo, Johannes Roscheck não tem tirado o carro da garagem para ir trabalhar — no caso, um Q8, um dos melhores SUVs da Audi. CEO da montadora alemã no Brasil, ele conta que, de início, não gostou do home office, ao qual aderiu, em conjunto com os funcionários administrativos da empresa, assim que a pandemia estacionou no país. Hoje só vê vantagens.

As melhores oportunidades podem estar nas empresas que fazem a diferença no mundo. Veja como com a EXAME Research

“A produtividade é maior, e agora posso caminhar antes de começar o trabalho e me mantenho cercado pela natureza”, diz ele, apontando a espaçosa casa em que vive, nos arredores da Chácara Flora, em São Paulo. Austríaco, ele se expressa em português sem derrapar em nenhuma palavra. Deve-se ao fato de ter morado em Curitiba, entre 1997 e 2001, para chefiar a montagem da fábrica da Audi na região — voltou ao Brasil em 2017, para ocupar o cargo de CEO.

(Arte/Exame)