Revista Exame

ABB, com muita gente mas clima leve

Como é possível uma empresa como a ABB - que emprega mais de 2 000 funcionários e atua em setores pesados como petroquímica, gás, óleo e transmissão de energia - manter um clima interno tão leve e caloroso? Difícil responder. Talvez seja o fato de ela levar ao pé da letra o conceito de meritocracia. […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 18 de fevereiro de 2011 às 11h42.

Como é possível uma empresa como a ABB - que emprega mais de 2 000 funcionários e atua em setores pesados como petroquímica, gás, óleo e transmissão de energia - manter um clima interno tão leve e caloroso? Difícil responder. Talvez seja o fato de ela levar ao pé da letra o conceito de meritocracia. Lá, histórias como as do office-boy que virou executivo e de profissionais promovidos em intervalos de um ano são comuns.

Por outro lado, a satisfação dos funcionários poderia ser por causa dos constantes treinamentos. Ou - por que não? - devido ao respeito que a empresa demonstra por seu pessoal nos bons e nos maus momentos. No fechamento de uma das fábricas no ano passado, por exemplo, as demissões foram anunciadas com um ano de antecedência. Nesse meio tempo, boa parte acabou sendo remanejada para outras áreas. Os que saíram receberam auxílio na elaboração e distribuição de currículos para consultorias e agências de emprego.

O fato de os funcionários terem autonomia e participação nas decisões também contribui para que eles vistam a camisa da ABB. Ah, a política de remuneração também é das mais generosas. Diante de tantas coisas, fica difícil dizer que a razão dessa paixão pela empresa seja apenas uma.

Acompanhe tudo sobre:ABBEmpresasEmpresas suíçasempresas-de-tecnologiagestao-de-negociosMotivaçãoprodutividade-no-trabalho

Mais de Revista Exame

Melhores do ESG: os destaques do ano em energia

ESG na essência

Melhores do ESG: os destaques do ano em telecomunicações, tecnologia e mídia

Conheça o castelo na França exclusivo para convidados da Moët & Chandon

Mais na Exame