Acompanhe:
seloRevista Exame

O empreendedor Celso Athayde recomenda a leitura da história de um outro empreendedor nato

Celso Athayde, da Favela Holding, recomenda leitura da biografia do ambulante do Rio que foi palestrar em Harvard

Modo escuro

Continua após a publicidade
 Celso Athayde, da Favela 
 Holding: “A capacidade de 
 negociar, de se reinventar 
 e de criar soluções são algumas 
 das lições desse livro” (Leandro Fonseca/Exame)

Celso Athayde, da Favela Holding: “A capacidade de negociar, de se reinventar e de criar soluções são algumas das lições desse livro” (Leandro Fonseca/Exame)

O ato de empreender no Brasil está longe de ser uma questão de escolha. Em 2022, 47% dos brasileiros com algum CNPJ tinham aberto a empresa por causa de uma necessidade de renda, segundo dados do Sebrae.

É, portanto, a opção de muita gente com dificuldade de encontrar espaço num mercado de trabalho cujo sarrafo está cada dia mais alto. “Não é todo mundo que consegue um emprego formal ou tem acesso a uma qualificação, como uma faculdade e um curso de idioma, que são requisitos de muitas empresas”, diz Celso Athayde, fundador da Central Única das Favelas, a Cufa, uma das principais ONGs com atuação social em comunidades.

Fundada em 1999, a organização deu também origem à Favela Holding, uma empresa dedicada a atrair investimentos aos negócios criados em periferias — boa parte deles por empreendedores negros. “No caso dos que vêm de onde eu vim, costumo dizer que o morador de favela é um empreendedor nato, mesmo sem saber que está empreendendo”, diz ele.

Quem é Rick Chesther

Pelo fato de colocar em evidência o empreendedorismo periférico, Athayde recomenda a leitura de Pega a Visão, obra do brasileiro Rick Chesther, dono de uma história digna de ser contada. Nascido em Minas Gerais, Chesther foi criança para o Rio e passou boa parte da adolescência na praia de Copacabana vendendo picolé e água.

Em 2018, ele viralizou com um vídeo sobre o trabalho de ambulante como uma oportunidade de renda. Após o sucesso da publicação, a Universidade Harvard o convidou para dar uma palestra sobre a história dele, que, no mesmo ano, foi relatada nesse livro.

“A capacidade de negociar, de se reinventar e de criar soluções são algumas das lições desse livro”, diz Athayde. “Precisamos perseguir a perfeição, com muita perseverança e resiliência, e encontrar soluções rápidas para a nossa trajetória.”

Pega a Visão — Verás que um filho teu não foge à luta
de Rick Chesther

(Editora Buzz)
Páginas: 192
Preço: 54,90 reais

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Melhores do Mercado 2024: os vencedores do ranking de fundos em 7 categorias
seloRevista Exame

Melhores do Mercado 2024: os vencedores do ranking de fundos em 7 categorias

Há 3 dias

Asfalto ou off road: confira três carros ideias para a sua próxima viagem
seloRevista Exame

Asfalto ou off road: confira três carros ideias para a sua próxima viagem

Há 3 dias

Cosmopolita na medida: Chicago oferece gastronomia, arte e arquitetura
seloRevista Exame

Cosmopolita na medida: Chicago oferece gastronomia, arte e arquitetura

Há 3 dias

Deserto com lagoas: o luxo de se hospedar próximo ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
seloRevista Exame

Deserto com lagoas: o luxo de se hospedar próximo ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais