As 10 pessoas mais ricas do mundo perderam bilhões em 2022, exceto Buffett

O presidente e CEO da Berkshire Hathaway ultrapassou Zuckerberg e voltou ao sétimo lugar no ranking global de riqueza
O presidente e CEO da Berkshire Hathaway já ganhou cerca de US$ 4,6 bilhões em 2022 (Christopher Goodney/Bloomberg/Getty Images)
O presidente e CEO da Berkshire Hathaway já ganhou cerca de US$ 4,6 bilhões em 2022 (Christopher Goodney/Bloomberg/Getty Images)
Por Da RedaçãoPublicado em 30/01/2022 15:19 | Última atualização em 31/01/2022 10:02Tempo de Leitura: 2 min de leitura

As pessoas mais ricas do mundo viram seus patrimônios líquidos diminuírem nas primeiras semanas de 2022. Uma queda recente nas ações de tecnologia reduziu a fortuna de vários bilionários.

Dos 10 maiores bilionários do mundo, apenas um viu seu patrimônio líquido aumentar no começo do ano: Warren Buffett ganhou cerca de US$ 4,6 bilhões, elevando o total de sua fortuna para US$ 113 bilhões.

O CEO da Telsa, Elon Musk, viu sua fortuna cair US$ 50 bilhões este ano. O fundador da Amazon, Jeff Bezos, perdeu US$ 23,4 bilhões, o fundador da Microsoft, Bill Gates, perdeu US$ 9,91 bilhões, os fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, perderam mais de US$ 18 bilhões e o dono do Facebook , Mark Zuckerberg, perdeu US$ 12,7 bilhões.

Esta semana, o presidente e CEO da Berkshire Hathaway ultrapassou Zuckerberg e voltou ao sétimo lugar no ranking global de riqueza, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index.

Com o sobe e desce do mercado, seu dinheiro não pode ficar exposto. Aprenda como investir melhor

Ao contrário dos outros CEOs, cujos patrimônios líquidos estão em grande parte vinculados às suas empresas de tecnologia, a Berkshire Hathaway de Buffett tem um portfólio amplamente diversificado, o que lhe permitiu resistir as quedas do setor de tecnologia.

Buffett há muito tempo recomenda que os investidores coloquem seu dinheiro em fundos de índice, que detêm todas as ações de um índice, e são mais diversificados. O S&P 500, por exemplo, inclui grandes empresas como Apple, Coca-Cola e Google.

Em 2017, Buffett disse à CNBC que, para pessoas que desejam aumentar suas economias de aposentadoria, fundos de índice diversificados fazem “mais sentido praticamente o tempo todo”.

“Compre consistentemente um fundo de índice de baixo custo S&P 500 ”, disse Buffett. “Continue comprando no grosso e no fino, e especialmente no fino.”