Acompanhe:

We Do Logos anuncia fusão com a Logovia

A expectativa é fechar o ano com uma base de 300 mil usuários e um faturamento de oito milhões de reais

Modo escuro

Continua após a publicidade
Carmelo Queiroz, CGO; Gustavo Zimmermann, CTO; Pedro Assis, CFO e Gustavo Mota, CEO (Divulgação)

Carmelo Queiroz, CGO; Gustavo Zimmermann, CTO; Pedro Assis, CFO e Gustavo Mota, CEO (Divulgação)

C
Camila Lam

Publicado em 21 de maio de 2015 às, 15h09.

São Paulo – A We Do Logos, startup especializada em vendas de serviços de design, anunciou a fusão com a Logovia, player do mesmo segmento. Desde janeiro, as empresas vêm operando juntas e o objetivo é consolidar o mercado na América Latina.

Mesmo com a fusão, as duas marcas continuarão existindo. “Vamos manter o trabalho que já vínhamos fazendo nas duas marcas. Ou seja: o We Do Logos vai continuar atuando com um modelo mais voltado para consultoria, acompanhando o cliente e mantendo um relacionamento mais próximo, e a Logovia vai continuar atuando como uma plataforma self-service e mais acessível para o pequeno empresário”, explica Carmelo Queiroz, que assume o cargo de Diretor de Expansão da We Do Logos.

Com a fusão, os números chegam a 100 mil designers cadastrados e 30 mil clientes. Segundo Gustavo Mota, CEO do We Do Logos, a expectativa é fechar o ano com uma base de 300 mil usuários e um faturamento de oito milhões de reais.

“Hoje, a cada dez projetos criados em sites de concorrência criativa no Brasil, nove são realizados em nossas plataformas. As duas empresas têm um time apaixonado pelo que faz, além do mesmo objetivo: democratizar o design gráfico gerando renda para nossos freelancers. Agora, vamos fazer isso com muito mais potência e consolidar o mercado”, diz, em nota, Mota.

Últimas Notícias

Ver mais
Empreendedor Individual deve enviar declaração até dia 30 de junho; veja como fazer
seloPME

Empreendedor Individual deve enviar declaração até dia 30 de junho; veja como fazer

Há um ano

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo
seloPME

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo

Há um ano

Bolsonaro sanciona Pronampe; estimativa de crédito para MPEs é de R$ 50 bi
seloPME

Bolsonaro sanciona Pronampe; estimativa de crédito para MPEs é de R$ 50 bi

Há um ano

3 cases de inovação aberta - o que podemos aprender com eles?
seloPME

3 cases de inovação aberta - o que podemos aprender com eles?

Há um ano

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais