PME

Startup promove desafio para contratar programador

Para se diferenciar, a empresa propõe que os candidatos participem de um jogo e só conheçam o nome da startup no final

Jovem usando notebook (Sean Gallup / Getty)

Jovem usando notebook (Sean Gallup / Getty)

DR

Da Redação

Publicado em 30 de junho de 2011 às 20h37.

São Paulo – Uma startup de São Paulo está procurando um programador e resolveu deixar de lado os anúncios em jornal. A empresa, que será mantida em secreto até a o final do processo seletivo, criou uma competição para conseguir o melhor profissional.

Através do site www.prefiroumastartup.com, os candidatos podem participar de um desafio que vai definir os finalistas. A competição será composta por quatro etapas e inclui uma disputa direta entre os finalistas.

“A ideia surgiu da necessidade de nos diferenciarmos dos demais empregadores. Sabemos da grande dificuldade de encontrar profissionais qualificados e que se encaixem no perfil de uma startup”, explica Lucas Alvares, um dos sócios que pediu para que o nome da empresa não fosse divulgado.

A startup vai desenvolver uma plataforma de gerenciamento de anúncios para pequenas e médias empresas. A vaga é para um programador específico de Ruby on Rails e será a primeira da startup.” O vencedor desse desafio será responsável pela área de programação e também nos ajudará na construção do time de desenvolvedores que virá a crescer no futuro”, diz Alvares.

Com salário de R$ 5 mil, o contratado terá benefícios como cotas de participação acionária na empresa, cursos e treinamentos e 1 hora do dia livre para desenvolver um projeto pessoal. “Normalmente uma startup proporciona experiências muito mais emocionantes e desafiadoras do que uma empresa de grande porte. No final das contas o que vale muito é a bagagem adquirida e o orgulho de ter feito a diferença”, defende. As inscrições para se candidatar à vaga vão até o dia 10 de julho.

Acompanhe tudo sobre:Mercado de trabalhoProgramadoresStartups

Mais de PME

Mais na Exame