Acompanhe:

Setor de franquias faturou R$ 75 bi em 2010

De acordo com a Associação Brasileira de Franquias, o número de unidades passou de 80 mil para 90 mil

Modo escuro

Continua após a publicidade
Sapatos e acessórios pessoais, roupas, eletrônicos, turismo, alimentação e serviços estão no topo da lista de crescimento (Sydnei Tuma/Viagem e Turismo)

Sapatos e acessórios pessoais, roupas, eletrônicos, turismo, alimentação e serviços estão no topo da lista de crescimento (Sydnei Tuma/Viagem e Turismo)

P
Priscila Zuini

Publicado em 3 de março de 2011 às, 12h02.

São Paulo – O setor de franquias teve um crescimento de 20% no faturamento em 2010 na comparação com 2009. “A gente deve fechar o ano com um faturamento de R$ 75 bilhões de reais contra os R$ 63 bilhões de 2009”, antecipou a EXAME.com o diretor executivo da Associação Brasileira de Franquias (ABF), Ricardo Camargo.

O número de unidades franqueadas também aumentou. “Passamos de 80 mil para 90 mil”, conta Camargo. Segundo o executivo, surgiram mais redes franqueadoras do que era esperado para 2010. “Nossa expectativa era um crescimento de 10%, mas foi de 12%”, explica. Atualmente, o país conta com mais de 1,6 mil redes de franquias.

Entre os setores que mais se destacaram não houve surpresas. “Essas áreas são as que mais crescem nos últimos três anos”, afirma Camargo. Sapatos e acessórios pessoais, roupas, eletrônicos, turismo, alimentação e serviços estão no topo da lista de crescimento.

Trimestre
Um levantamento exclusivo, realizado pela ABF com o PROVAR-FIA, mostra que no primeiro trimestre deste ano deve acontecer uma desaceleração de 6% em comparação aos últimos três meses de 2010. “Isso é natural porque o começo do ano é sempre mais fraco do que o final”, justifica Camargo. Mesmo assim, na comparação com o mesmo período do ano passado a expectativa é de aumento do faturamento em 32,7%.

Com números já consolidados, o faturamento do quarto trimestre de 2010 foi 33,9% maior do que do mesmo período de 2009 e 21% acima dos meses anteriores. Na análise histórica, a média de crescimento é de 4,3% por trimestre.

Por setores, o de alimentação fechou o último trimestre com 6,4% lojas a mais e faturamento ano 23,7% maior do que o mesmo período de 2009. Para o primeiro trimestre deste ano, deve aumentar em 21,2%. As franquias de bens, que envolvem beleza, cosméticos e roupas, mantiverem um patamar parecido. Só o setor de serviços espera um crescimento de 9,1% para o primeiro trimestre de 2011. 

Últimas Notícias

Ver mais
Empreendedor Individual deve enviar declaração até dia 30 de junho; veja como fazer
seloPME

Empreendedor Individual deve enviar declaração até dia 30 de junho; veja como fazer

Há um ano

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo
seloPME

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo

Há um ano

Bolsonaro sanciona Pronampe; estimativa de crédito para MPEs é de R$ 50 bi
seloPME

Bolsonaro sanciona Pronampe; estimativa de crédito para MPEs é de R$ 50 bi

Há um ano

3 cases de inovação aberta - o que podemos aprender com eles?
seloPME

3 cases de inovação aberta - o que podemos aprender com eles?

Há um ano

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais