Acompanhe:

Por que investir mais nos clientes atuais do que em novos

Fidelização pode trazer resultados melhores do que aquisição

Modo escuro

Continua após a publicidade
Vendas (Dreamstime.com)

Vendas (Dreamstime.com)

E
Editado por Priscila Zuini

Publicado em 18 de janeiro de 2013 às, 09h24.

Por que investir mais nos clientes atuais do que em novos

Respondido por Millor Machado, sócio-fundador da rede social Empreendemia

Praticamente qualquer livro sobre marketing dirá que conseguir um novo cliente é 4, 5 ou 10 vezes mais difícil do que manter um cliente atual. Apesar desse número sempre mudar, o conceito por trás dessa ideia é extremamente válido.

O principal motivo para isso acontecer é o fato de que o cliente atual já absorveu a “carga de convencimento” necessário para comprar da sua pequena empresa. Por outro lado, o cliente novo precisa passar por todo um processo de reconhecer a demanda, conhecer a sua marca, aceitar que você é a melhor opção para satisfazer a demanda e se convencer que o produto/serviço entregue possui um valor maior do que o preço cobrado.

Além da venda para o cliente atual ser mais fácil, uma coisa muito bacana é a possibilidade de ele te indicar para outros clientes. Outra característica interessante da fidelização é que, ao monitorá-la, você consegue uma noção sobre a qualidade do seu serviço muito maior do que qualquer pesquisa de opinião. Se as pessoas estão voltando, é sinal de que o serviço foi bom. Se não, algo precisa ser reavaliado.

Uma forma bem simples e barata de reter cliente é coletar os e-mails de seus clientes e oferecer ofertas especiais para quem faz parte dessa lista.

O ideal é investir tanto na frente de aquisição quanto na de retenção, porém, se tiver que escolher, não tenha dúvidas e faça o maior esforço possível para fidelizar o seu cliente.

Últimas Notícias

Ver mais
Empreendedor Individual deve enviar declaração até dia 30 de junho; veja como fazer
seloPME

Empreendedor Individual deve enviar declaração até dia 30 de junho; veja como fazer

Há um ano

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo
seloPME

Além das salas de aula: 4 maneiras de aprender mais sobre empreendedorismo

Há um ano

Bolsonaro sanciona Pronampe; estimativa de crédito para MPEs é de R$ 50 bi
seloPME

Bolsonaro sanciona Pronampe; estimativa de crédito para MPEs é de R$ 50 bi

Há um ano

3 cases de inovação aberta - o que podemos aprender com eles?
seloPME

3 cases de inovação aberta - o que podemos aprender com eles?

Há um ano

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais