Acompanhe:

O que é boostrapping?

Saiba mais sobre a arte de se atirar em um negócio sem o apoio de recursos externos

Modo escuro

Continua após a publicidade
Salto (Stock.xchng)

Salto (Stock.xchng)

E
Editado por Daniela Moreira

Publicado em 6 de julho de 2011 às, 17h34.

O que é boostrapping?
Respondido por Yuri Gitahy, especialista em startup

O termo é difícil de traduzir, mas é fácil de entender e muito importante para empreendedores de startups. Bootstrap significa criar sua startup usando somente recursos próprios, apertando os cintos do time e não recorrendo a investidores externos. Se há alguma entrada de capital, ela vem dos primeiros clientes.

A tradução literal de "bootstrap" é alça de bota - aquele pedaço de couro ou tecido que fica atrás da bota e acima do calcanhar, facilitando puxá-la com as mãos na hora de calçar. O termo "levantar a si próprio pelas alças da bota" era usado desde o século XIX para ilustrar tarefas impossíveis, como pular uma cerca alta puxando suas próprias botas com as mãos. A metáfora de fazer o boostrapping da sua startup indica justamente esse processo auto-sustentável de alavancar a si próprio.

Cuidado para não confundir bootstrapping com "fazer um bico", ou gerar um pequeno produto que pague as contas enquanto se materializa a proposição de valor da sua startup. Bootstrappers costumam ser empreendedores com capacidade muito acima da média, e raramente são iniciantes. Empresas que você conhece e respeita - como Microsoft e Dell, além de muitas outras com produtos mais tradicionais - foram criadas por bootstrapping, com um grande esforço do empreendedor e seu time inicial. Esses "bootstrappers" costumam ter um foco muito claro no cliente desde o primeiro momento, especulando menos e validando todas suas suposições - além de terem uma intuição muito forte sobre o caminho certo a seguir. Bootstrappers são quase sempre outliers, pontos fora da curva.

Empreender não é para qualquer um. Bootstrapping, muito menos. Demora-se no mínimo o dobro do tempo para se lançar uma startup dessa forma. Também pode não ser benéfico: em mercados muito dinâmicos, não vale a pena aguardar demais e deve-se buscar capital de risco para ser um first-mover; em outros casos, o empreendedor pode não ter condições financeiras de se auto-alavancar. Mesmo assim, bootstrapping deve ser sempre a primeira tentativa do empreendedor, pois ele não precisará dar um percentual considerável da startup para terceiros.

Para saber mais sobre o tema, leia o "Bootstrapper's Bible" de Seth Godin: o livro é gratuito e está disponível na web.

O que é uma startup?

 

Yuri Gitahy é investidor-anjo, conselheiro de empresas de tecnologia e fundador da Aceleradora, que apoia startups com gestão e capital semente

Envie suas dúvidas sobre startups para examecanalpme@abril.com.br.


Últimas Notícias

Ver mais
Como uma empresa faz R$ 160 milhões levando pessoas ao trabalho — sem ter sequer um veículo
seloNegócios

Como uma empresa faz R$ 160 milhões levando pessoas ao trabalho — sem ter sequer um veículo

Há um dia

“Estou muito interessado em oportunidades no Brasil”, diz Victor Lazarte, fundador da Wildlife
seloNegócios

“Estou muito interessado em oportunidades no Brasil”, diz Victor Lazarte, fundador da Wildlife

Há 2 dias

"Eu estou mais otimista do que há um ano", afirma Alex Szapiro, líder do SoftBank na América Latina
seloNegócios

"Eu estou mais otimista do que há um ano", afirma Alex Szapiro, líder do SoftBank na América Latina

Há 2 dias

Startup desenvolve solução feita com resíduos para captar CO2 da mineração
ESG

Startup desenvolve solução feita com resíduos para captar CO2 da mineração

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais