Acompanhe:

Mercado Pago quer ensinar educação financeira para empreendedoras

Programa de educação empreendedora irá ensinar conceitos básicos de finanças e gestão para 900 mulheres em todo o Brasil

Modo escuro

Continua após a publicidade
Empreendedorismo feminino: Mercado Pago vai apoiar educação financeira de empreendedoras (Foto/Thinkstock)

Empreendedorismo feminino: Mercado Pago vai apoiar educação financeira de empreendedoras (Foto/Thinkstock)

M
Maria Clara Dias

Publicado em 31 de março de 2022 às, 15h00.

Última atualização em 31 de março de 2022 às, 15h54.

O Mercado Pago, braço financeiro do Mercado Livre, quer impulsionar o empreendedorismo feminino. A fintech vai oferecer um curso online gratuito de educação financeira para microempreendedoras, chamado de "Agora vai Mulher". A proposta é capacitar 900 empreendedoras de todo o país.

Garanta o seu lugar entre as melhores do Brasil, entre no Ranking Negócios em Expansão 2022

As aulas serão ministradas pelo WhatsApp e terão conteúdos voltados para a gestão financeira de pequenos negócios, como precificação, negociação e tecnologias digitais. O curso, desenvolvido em parceria com a Aliança Empreendedora, que capacita líderes femininas em situação de vulnerabilidade econômica, é voltado para microempreendedoras com faturamento mensal de até R$ 5 mil.

As microempreendedoras selecionadas para participar do programa serão capacitadas durante três semanas. Ao final, 100 delas poderão avançar para a etapa de aceleração e contar com um apoio personalizado da Aliança Empreendedora. As inscrições estão abertas até 29 de abril, no site da iniciativa.

Para Laura Motta, gerente de sustentabilidade do Mercado Livre, a educação financeira, no caso das mulheres, serve de caminho para a independência, melhorias na igualdade de gênero e também maior maturidade nos negócios. “O fortalecimento de empreendimentos liderados por mulheres potencializa a geração de renda e, portanto, contribui  para a autonomia e emancipação feminina, impactando também suas famílias e as comunidades onde estão inseridas”.

Segundo a empresa, a iniciativa faz parte de um compromisso global do Mercado Pago em favor da educação empreendedora que pretende atingir 2,5 mil mulheres na América Latina, além de capacitar cerca de 3,9 mil jovens estudantes — 900 delas apenas no Brasil. A companhia também vai apoiar a educação financeira de mulheres empreendedoras na Argentina, Chile, Colômbia, México e Uruguai, em parceria com a Pro Mujer.

“Democratizar o acesso das pessoas aos serviços financeiros vai além da tecnologia e do crédito, significa oferecer conhecimento e ferramentas para que todos sejam capazes de gerir seus próprios recursos. Queremos ir além da inclusão financeira, estamos comprometidos com a educação e seremos um parceiro na jornada empreendedora dessas mulheres”, diz Gabriela Szprinc, head de pagamentos do Mercado Pago.

 

Últimas Notícias

Ver mais
Qual lição da vida artística a atriz Flávia Alessandra levou para o mundo dos negócios?
seloCarreira

Qual lição da vida artística a atriz Flávia Alessandra levou para o mundo dos negócios?

Há um dia

São Paulo oferece crédito pré-aprovado de R$ 200 mil para empreendedoras; saiba como funciona
seloNegócios

São Paulo oferece crédito pré-aprovado de R$ 200 mil para empreendedoras; saiba como funciona

Há uma semana

Governo prepara anúncio de crédito a microempreendedores com foco em mulheres
seloNegócios

Governo prepara anúncio de crédito a microempreendedores com foco em mulheres

Há 2 semanas

Em crescimento acelerado, Mercado Livre vai colocar mais R$ 23 bilhões na operação brasileira
Exame IN

Em crescimento acelerado, Mercado Livre vai colocar mais R$ 23 bilhões na operação brasileira

Há 2 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais