Acompanhe:

Inovador, Nubank ganha prêmio no Vale do Silício

Cerca de 3 milhões de pessoas já se cadastraram para receber o cartão Nubank, que não tem anuidade. Tanto sucesso aconteceu sem nenhum investimento em mídia tradicional.

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Cartão de crédito Nubank
 (Nubank/Facebook/Divulgação)

Cartão de crédito Nubank (Nubank/Facebook/Divulgação)

M
Mariana Desidério

Publicado em 23 de maio de 2016 às, 17h02.

São Paulo – O Nubank, startup brasileira que oferece um cartão de crédito sem anuidade gerido através de um aplicativo, recebeu nesta semana o prêmio Marketers That Matter, do Sage Group do Vale do Silício.

A empresa tem tido enorme sucesso na divulgação de seu produto. Até agora, cerca de 3 milhões de pessoas já se cadastraram para receber o cartão Nubank. Detalhe: tanto sucesso aconteceu sem nenhum investimento em mídia tradicional, segundo Cristina Junqueira, diretora e co-fundadora do Nubank.

“Não tínhamos verba para marketing e, mesmo se tivéssemos, nossos concorrentes sempre teriam mais. Como concorrer com o Itaú?”, explica Cristina em entrevista a EXAME.com. Consciente da sua posição de desvantagem em termos financeiros, a startup decidiu apostar em uma estratégia mais moderna.

A solução encontrada foi baseada principalmente nas redes sociais, no relacionamento com a imprensa e na propaganda boca a boca. “Focamos em Facebook, Twitter, Youtube, Instagram”, exemplifica a co-fundadora. Foi justamente essa estratégia que chamou a atenção do Vale do Silício.

Para Cristina, outro ponto fundamental para o sucesso da startup é a qualidade do serviço entregue ao cliente. “Tem também o aspecto de entregar a promessa que estamos vendendo. Ter a expectativa do cliente atendida ou superada é muito importante”, afirma.

A satisfação do cliente Nubank ajudou a criar o que Cristina chama de “crescimento viral”, através da propaganda boca a boca. Atualmente a startup tem um índice de satisfação de 88% (medido através do Net Promoter Score - NPS) e recebe elogios dos clientes a todo momento.

Alguns exemplos do tipo de atendimento oferecido são bem inusitados. Uma cliente que teve o cartão mordido por seu cachorro entrou em contato para pedir um novo e, ao recebê-lo, também ganhou um ossinho roxo para o seu cão (conheça outros exemplos).

O prêmio Marketers That Matter é o segundo reconhecimento da startup só nesse mês. Ela também foi eleita a Melhor Empresa de B2C na América Latina pelo Latam Founders Network.

Últimas Notícias

Ver mais
20 milhões para investir: o que Ace Ventures procura na nova safra de startups
seloNegócios

20 milhões para investir: o que Ace Ventures procura na nova safra de startups

Há 20 horas

Como uma mãe de 50 anos criou uma startup de US$ 1,3 bilhão
seloNegócios

Como uma mãe de 50 anos criou uma startup de US$ 1,3 bilhão

Há 22 horas

Essa startup usa IA para ajudar os professores a darem aula. Agora, capta R$ 4 milhões para crescer
seloNegócios

Essa startup usa IA para ajudar os professores a darem aula. Agora, capta R$ 4 milhões para crescer

Há um dia

Os sonhos de Lindomar: o homem que começou uma startup na região amazônica usando um disquete
seloNegócios

Os sonhos de Lindomar: o homem que começou uma startup na região amazônica usando um disquete

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais