Acompanhe:

Google compra startup para melhorar Google+

Austin Chang, fundador da Fridge, diz que a empresa se encaixa perfeitamente na nova rede social do Google

Modo escuro

Continua após a publicidade
O Google Plus tem várias peças que se encaixam formando uma estrutura de rede social (Reprodução)

O Google Plus tem várias peças que se encaixam formando uma estrutura de rede social (Reprodução)

P
Priscila Zuini

Publicado em 21 de julho de 2011 às, 12h12.

São Paulo – O Google anunciou hoje a aquisição da primeira startup que vai ser usada para melhorar sua rede social, o Google+. A Fridge possibilita a criação de grupos sociais privados entre os usuários. O valor da aquisição não foi divulgado.

Criada no ano passado, a startup anunciou neste final de semana que iria desativar a sua rede, uma indicação de que a transação havia sido concluída. A partir da próxima semana, os quatro funcionários da empresa passarão a trabalhar na sede do Google, em Nova York, segundo o site Business Insider.

Segundo a reportagem, a rede tem 40 mil usuários por mês e abrigava 20 mil grupos privados para troca de vídeos, fotos e outras informações. Para Chang, o Google+ é assimétrico e a equipe que desenvolveu a Fridge vai ajudar a melhorar a plataforma da gigante de buscas. O objetivo é reproduzir dentro do Google+ o ambiente de grupos que era oferecido na Fridge.

Ainda segundo o fundador, a startup recebeu outras propostas mas o modelo se encaixa perfeitamente nos planos do Google+. Apoiada pelo fundo Y-Combinator, a empresa já havia levantando US$ 800 mil em investimentos.

Lançada no final de junho, a rede social do Google chega para rivalizar com o Facebook e traz novidades como a organização dos usuários em círculos de amizade e a encontros em vídeo em tempo real.

Últimas Notícias

Ver mais
Como uma empresa faz R$ 160 milhões levando pessoas ao trabalho — sem ter sequer um veículo
seloNegócios

Como uma empresa faz R$ 160 milhões levando pessoas ao trabalho — sem ter sequer um veículo

Há 13 horas

Entenda por que Bill Ackman investe no Google (e não na Nvidia)
seloMercados

Entenda por que Bill Ackman investe no Google (e não na Nvidia)

Há 18 horas

Boa Safra lança oferta de até R$ 400 milhões para financiar crescimento
Exame IN

Boa Safra lança oferta de até R$ 400 milhões para financiar crescimento

Há 19 horas

Nada de Google: geração Z faz buscas no TikTok e no YouTube
Tecnologia

Nada de Google: geração Z faz buscas no TikTok e no YouTube

Há 21 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais