PME

Empresa lança guia virtual de incubadoras no Brasil

Consultoria carioca disponibiliza informações gratuitamente na internet

O acesso é gratuito e permite ao interessado identificar, por exemplo, o segmento de cada uma das incubadoras (Getty Images)

O acesso é gratuito e permite ao interessado identificar, por exemplo, o segmento de cada uma das incubadoras (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 13 de outubro de 2011 às 19h00.

Rio de Janeiro - Um guia virtual, desenvolvido pela empresa Luz Consultoria, apresenta um levantamento sobre 265 das cerca de 400 incubadoras de todo País. O acesso é gratuito e permite ao interessado identificar, por exemplo, o segmento de cada uma - tecnologia, biotecnologia, prestação de serviços e economia criativa, entre outros. A ideia dessa empresa carioca é atualizar permanentemente as informações.

Para facilitar a busca, o guia foi organizado por regiões. No perfil de cada incubadora está disponível, além da localização da cidade e do estado, informações sobre pré-requisitos, período de incubação, capacitação oferecida, infraestrutura (como sala de reuniões, serviços de secretaria e limpeza) e vínculos com instituições e universidades. Contatos por e-mail, telefone e o site completam o perfil.

"Nossa proposta foi compartilhar dados que possam ajudar empresas nascentes a encontrar um ambiente propício para desenvolver uma ideia de negócio”, reforça um dos três sócios da Luz Consultoria, Daniel Pereira.

De acordo com ele, a incubadora tem papel importante na modelagem de um negócio. Um exemplo é a própria Luz Consultoria, que teve início no Instituto Gênesis, incubadora da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). A empresa, criada em 2005, já registra o atendimento de mais de 300 micro e pequenas empresas e outras de grande porte.

Consultorias, métodos de gerenciamento, mapeamento de processos, livros digitais, modelos de negócios, planilhas e documentos, entre manual de avaliação e carta de advertência, são alguns dos produtos e serviços oferecidos. Grande parte das ferramentas podem ser acessadas gratuitamente. “Podemos fazer um diagnóstico preciso mesmo a distância. Muitas empresas têm boas ideias, mas não sabem como se organizar”, afirma Daniel.

Acompanhe tudo sobre:dicas-de-empreendedorismodicas-para-seu-negocioEmpreendedoresEmpreendedorismoIncubadorasPequenas empresas

Mais de PME

Mais na Exame