Acompanhe:

Água de Cheiro pede recuperação judicial, diz jornal

A rede de franquias teria entrado com o pedido de recuperação judicial na última sexta-feira

Modo escuro

Continua após a publicidade
Franquia da Água de Cheiro (Divulgação)

Franquia da Água de Cheiro (Divulgação)

P
Priscila Zuini

Publicado em 2 de setembro de 2014 às, 10h18.

São Paulo – A rede de franquias Água de Cheiro entrou com um pedido de recuperação judicial na última semana. A informação é do jornal Valor Econômico. Segundo a reportagem, o pedido teria sido feito na 2ª Vara de Falências de São Paulo.

A rede enfrenta há anos problemas para se consolidar no mercado. Nos anos 80, a rede brigava pela liderança de mercado com O Boticário, mas perdeu força com o tempo e as dívidas impediram o crescimento.

Em 2009, tinha 260 lojas quando foi comprada Henrique Alves Pinto, fundador da construtora Tenda, que fez a loja chegar a mais de 850 unidades. 

Em março de 2013, o grupo de investidores brasileiros e americanos Brasil Beauté se interesse pelo negócio, mas um desentendimento com a cúpula da empresa fez o grupo desistir, no final do ano passado.

Segundo o jornal, a empresa chegou a ter receita de 375 milhões de reais na época. Mas problemas com fornecedores e franqueados insatisfeitos, fizeram Alves Pinto sair da presidência da companhia, que foi assumida por Paul Block, ex-executivo da Revlon. 

Hoje, a rede tem mais de 900 franquias e figura entre as maiores e mais antigas do país. 

Últimas Notícias

Ver mais
10 franquias baratas a partir de R$ 997 para empreender e trabalhar de casa
seloNegócios

10 franquias baratas a partir de R$ 997 para empreender e trabalhar de casa

Há 7 horas

Depois do "back to basics", CVC mira 2 mil lojas
Exame IN

Depois do "back to basics", CVC mira 2 mil lojas

Há um dia

MELHORES E MAIORES 2024: inscrições estão abertas
seloNegócios

MELHORES E MAIORES 2024: inscrições estão abertas

Há 2 dias

Pasta do Comércio da China se compromete a ajudar empresas e a impulsionar demanda doméstica
Economia

Pasta do Comércio da China se compromete a ajudar empresas e a impulsionar demanda doméstica

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais