Negócios

Rappi compra Box Delivery para apostar em bares e restaurantes

O anúncio ocorre após decisão do Cade para regular o mercado de delivery para bares e restaurantes

Isabela Rovaroto
Isabela Rovaroto

Repórter de Negócios

Publicado em 10 de abril de 2023 às 16h43.

Última atualização em 10 de abril de 2023 às 16h49.

O aplicativo de delivery Rappi anunciou nesta segunda-feira, 10, a compra da startup brasileira Box Delivery, que trabalha com a logística de entregas rápidas. Com foco no mercado de food service, a startup recebe cerca de 2 milhões de pedidos por mês. O valor da aquisição não foi divulgado.

O anúncio ocorre pouco tempo depois do Cade adotar medidas para regular o mercado de delivery para bares e restaurantes.

“Esse é um novo momento para o mercado e para nós. Essa aquisição foi mais um passo em direção do que queremos ser no país. Há muito espaço para crescimento no delivery brasileiro e estamos comprometidos com esse mercado, que é muito importante para nós”, diz Sebastian Mejia, fundador da Rappi.

O acordo de compra foi firmado e submetido ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O órgão, agora, vai fazer a avaliação da aquisição até a conclusão completa do negócio.

“Estamos felizes em fazer parte desse momento de mercado da Rappi. Nosso foco sempre foi e continuará sendo atender nossos clientes, entregadores e o food service da melhor forma possível, de modo que todos os envolvidos sejam beneficiados. Meu objetivo é continuar favorecendo todo ecossistema, de entregadores aos restaurantes”, diz Felipe Criniti, fundador da Box Delivery.

Felipe Criniti (esq), da BOX Delivery, e Sebastian Mejia (dir), do Rappi, celebram parceria.

Felipe Criniti, da BOX Delivery, e Sebastian Mejia, do Rappi, celebram parceria. (Marlon Marinho/Divulgação)

Box Delivery

Box Delivery foi fundada em 2016 em Santos pelo empreendedor Felipe Criniti e já se tornou uma das maiores logtechs do país. Atualmente, a startup realizava mais de 2 milhões de entregas mensais em 250 cidades por meio de uma frota com mais de 105.000 entregadores na base. 

Em 2021, a startup recebeu uma rodada Series A de investimento de R$30 milhões liderada pela Aliansce Sonae.

A startup não aparece para o cliente final. A Box Delivery se concentra em otimizar as entregas por delivery de estabelecimentos comerciais e, de acordo com a própria companhia, a atuação é feita diretamente com os comerciantes e entregadores, criando assim uma 'ponte' para melhorar as entregas.

A startup integra os sistemas de gestão com a sua plataforma, identificando os meios para que a entrega seja realizada em até 30 minutos.

Acompanhe tudo sobre:RappiFusões e AquisiçõesDelivery

Mais de Negócios

O Brasil ainda não é um consenso para os investidores globais, afirma Bank of America

Em live relâmpago da WePink, Virgínia vende R$ 4,6 milhões em 20 minutos

Quer ser seu próprio chefe? Veja 5 dicas para começar a empreender com segurança

Tem dinheiro para receber na justiça? Esta startup levantou R$ 7,5 milhões para acelerar processos

Mais na Exame