Acompanhe:
seloNegócios

Por que Gerdau e Luiza Trajano são campeões de reputação

Para Jorge Gerdau, da Gerdau, e Luiza Trajano, da Magazine Luiza, os líderes com melhor reputação são os que tomam posições e são consistentes com elas

Modo escuro

Continua após a publicidade
Luiza Trajano e Jorge Gerdau: ambos são reconhecidos por tomarem posições em assuntos polêmicos
 (Flavio Santana/Biofoto)

Luiza Trajano e Jorge Gerdau: ambos são reconhecidos por tomarem posições em assuntos polêmicos (Flavio Santana/Biofoto)

J
Julia Carvalho

Publicado em 5 de junho de 2014 às, 00h09.

São Paulo - Desde maio de 2011, Jorge Gerdau Johannpeter  preside a Câmara de Políticas de Gestão, Desempenho e Competitividade do governo. Sob seu comando, o conselho, composto por quatro empresários e quatro ministros, tenta criar soluções de gestão para desafogar a administração pública e "fazer  a coisa andar", como ele mesmo diz.

Isto não o impediu, em abril deste ano, de cobrar mais poupança e produtividade do governo, de afirmar que a população deveria se revoltar contra o caos do transporte público e nem de dizer que o número de ministros deveria ser reduzido de 39 para 6. 

É esta coragem de não se calar diante de problemas que afetam a sociedade como um todo que faz como que o presidente da siderúrgica que leva seu sobrenome seja o líder empresarial mais respeitado do Brasil pelo segundo ano consecutivo.

O levantamento foi realizado pela consultoria espanhola Merco, em parceria com o IBOPE, e foi publicado com exclusividade por EXAME.com e revista EXAME.

"Hoje minha empresa está muito bem estabelecida e tenho tempo para me voltar de maneira extremamente forte para os interesses coletivos", disse Gerdau, no evento de lançamento da segunda edição do ranking de reputação empresarial, nesta quarta-feira.

Luiza Helena Trajano, da Magazine Luiza, foi a quinta colocada entre os 100 empresários e é a mulher mais bem posicionada do ranking. Em comum com Gerdau, além de presidir uma grande empresa de sucesso, está a disposição para enfrentar a polêmica sempre que achar necessário.

Luiza participa do Comitê de Organização dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 e recentemente lançou uma campanha para que as pessoas façam uma bela Copa do Mundo, apesar da insatisfação geral. "Ninguém queria este prejuízo, mas agora que a Copa está aqui, temos que tirar o máximo possível dela", disse a empresária durante o evento. 

Ambos, à sua maneira, utilizam seu poder como empresários para melhorar o país como um todo. Ao tomarem a frente em assuntos maiores, tanto um quanto o outro têm de flertar com a política. Isso não significa, porém, fazer parte dela de fato.

Jorge Gerdau foi convidado pela presidente Dilma Rousseff a ocupar um cargo executivo no início de seu mandato, mas recusou a oferta. "Eu disse para ela: se você quiser aproveitar minha experiência, eu a darei de bom grado, sem cobrar um centavo, mas não me meta na política". 

Luiza Trajano, mais recentemente, foi sondada para assumir o ministério das Pequenas e Médias Empresas, mas também disse não ao convite. "Eu sou muito mais útil deste lado, apoiando os micro e pequenos empresários, do que assinando papéis do lado de lá", disse ela. Luiza é uma das maiores apoiadoras de negócios de pequeno porte no Brasil.

Ao colocarem os interesses da sociedade como um todo como prioridade, esses líderes acabam tendo uma reputação melhor até do que suas próprias empresas. Enquanto Jorge Gerdau lidera o ranking de empresários, sua companhia ocupa o 9º lugar na lista de empresas mais respeitadas do Brasil. Luiza Trajano, a quinta entre os líderes, tem sua empresa na 32ª colocação.

"Tudo é uma questão de consistência. Se o que você diz é consistente com o que você faz e o quanto do que aquela empresa prega ela pratica", diz Gerdau. Ele afirma que procura distanciar a companhia que preside das atitudes que toma como cidadão, para não correr o risco de atrapalhar os negócios. "Mas ambas são guiadas por um só conjunto de valores, e é isso que realmente importa". 

  

Últimas Notícias

Ver mais
Bússola & Cia: após crescer 42%, logtech ‘Eu Entrego' faz rebranding
Um conteúdo Bússola

Bússola & Cia: após crescer 42%, logtech ‘Eu Entrego' faz rebranding

Há 5 dias

LGPD: veja explicações para principais dúvidas sobre a Lei Geral de Proteção de Dados
Um conteúdo Bússola

LGPD: veja explicações para principais dúvidas sobre a Lei Geral de Proteção de Dados

Há uma semana

Organograma: o que é, para que serve e principais modelos
seloCarreira

Organograma: o que é, para que serve e principais modelos

Há 2 semanas

Abilio Diniz: otimista inveterado, empresário deixa legado de busca constante pela excelência
Exame IN

Abilio Diniz: otimista inveterado, empresário deixa legado de busca constante pela excelência

Há 2 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais