EDP Brasil compra participação da Previ na Celesc por R$ 230 mi

Após aprovação pelos órgãos reguladores, a EDP planeja fazer uma OPA para adquirir 32% das ações PN da Celesc
Setor de energia: No total, a EDP comprará 14,5% do capital da Celesc pelo valor de R$ 230 milhões (Paulo Santos/Reuters)
Setor de energia: No total, a EDP comprará 14,5% do capital da Celesc pelo valor de R$ 230 milhões (Paulo Santos/Reuters)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 19/12/2017 às 21:12.

São Paulo - A EDP Energias do Brasil fechou a compra da participação detida pela Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) na Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). A transação envolve 5.410.868 ações ON, ou 33,1% do total, e 437.807 açõe PN, ou 1,9% das ações dessa categoria. No total, a EDP comprará 14,5% do capital da Celesc pelo valor de R$ 230 milhões.

Após o fechamento da operação, com a aprovação pelos órgãos reguladores, a EDP fará uma Oferta Pública Voluntária para Aquisição de Ações (OPA) para adquirir até 7.374.000 ações PN da Celesc, correspondentes a 32% do total. O valor proposto pela EDP é de R$ 27 por ação. Em Fato Relevante, a companhia esclarece que o valor será ajustado em caso de declaração ou pagamento de qualquer provento aos acionistas.

A EDP afirma que o valor proposto para a OPA representa um prêmio de 33,2% sobre a média das cotações das ações PN da Celesc nos 30 pregões da B3 anteriores ao de ontem (18).