Negócios

Cresce a busca por skate no Mercado Livre, Centauro e Netshoes

Durante os Jogos Olímpicos, as varejistas registram aumento nas buscas por skates, pranchas de surfe e mais

Rayssa Leal: atleta ganha prata no skate e incentiva venda do item  (Nike/Reprodução)

Rayssa Leal: atleta ganha prata no skate e incentiva venda do item (Nike/Reprodução)

Marina Filippe

Marina Filippe

Publicado em 30 de julho de 2021 às 08h00.

Última atualização em 30 de julho de 2021 às 16h45.

As medalhas de prata conquistadas pelos skatistas brasileiros Kelvin Hoefler e Rayssa Leal, a Fadinha, nos Jogos Olímpicos deste ano, deram um salto na venda de artigos do esporte no Mercado Livre.

Na última segunda-feira, a plataforma registrou recorde de vendas de patins e skates, sendo a maior venda de 2021. Em comparação com as aquisições registradas nas últimas quatro segundas-feiras anteriores, o Mercado Livre contabilizou um aumento de 50% nas vendas da categoria.

Também na segunda-feira, a varejista Netshoes registrou 79,7% de aumento nas vendas de skate quando comparado com o mesmo dia da semana anterior. Já as vendas de pranchas e acessórios do surfe aumentaram 16,9%.

Na varejista Centauro também há um crescimento expressivo nas buscas no site por produtos relacionados às modalidades olímpicas. Na categoria skate o crescimento é superior a 400%. Já as buscas por itens de surfe dobraram.

"É importante ressaltar que o efeito Olimpíada não é imediato. Durante o evento, surgem novos ídolos e, consequentemente, cresce a procura e o número de praticantes de determinadas modalidades. É diferente da Copa do Mundo, por exemplo, em que as pessoas compram um produto específico, como a camisa da Seleção Brasileira de Futebol, para acompanhar o evento", diz Gustavo Milo Marasco, gerente executivo de marketing da Centauro.

Segundo o executivo, o efeito Olimpíada é menos agudo, porém mais duradouro. "Muitas crianças, a partir de agora, vão começar a andar de skate e comprar produtos da modalidade ao longo do tempo, inspiradas pela Fadinha e também pelo Kelvin Hoefler".

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

Acompanhe tudo sobre:OlimpíadasSkateVarejo

Mais de Negócios

40 franquias baratas para quem quer deixar de ser funcionário a partir de R$ 2.850

Ele cansou de trabalhar em telecom. Agora, faz mais de R$ 1 mi com franquia de serviços automotivos

“É função dos empresários iniciar um novo RS”, diz CEO da maior produtora de biodiesel do país

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Mais na Exame