Acompanhe:
seloNegócios

Como a Hollister conseguiu ressuscitar

A Hollister registrou o 3º trimestre consecutivo de vendas comparáveis positivas nas lojas, um aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano anterior

Modo escuro

Continua após a publicidade
Hollister: a Hollister de hoje não é mais a mesma, disse a presidente da Abercrombie (Ron Antonelli/Bloomberg)

Hollister: a Hollister de hoje não é mais a mesma, disse a presidente da Abercrombie (Ron Antonelli/Bloomberg)

K
Kim Bhasin e Lindsey Rupp, da Bloomberg

Publicado em 28 de agosto de 2017 às, 21h47.

Última atualização em 28 de agosto de 2017 às, 21h48.

Nova York - Depois de anos relegada ao fundo do armário, a Hollister renasceu.

Embora o auge do logotipo da gaivota tenha passado há muito tempo, a marca de roupas para adolescentes que transmite o clima da Califórnia voltou à tona e tenta melhorar a situação de sua empresa controladora, Abercrombie & Fitch, que enfrenta dificuldades.

A ave antigamente era um selo de aprovação dos jovens descolados — até que deixou de ser e as vendas afundaram. O desaparecimento mais amplo dos logotipos nas roupas não ajudou.

A Hollister de hoje não é mais a mesma, disse a presidente da Abercrombie, Fran Horowitz, em entrevista por telefone na quinta-feira. Ela reposicionou a marca como uma versão alegre e descontraída de sua antiga imagem elitista — os logotipos praticamente desapareceram e camisetas da moda e jeans chegaram com tudo.

“Evoluímos muito do que era uma noção muito específica de uma marca de praia”, disse Horowitz.

Os números são animadores: a Hollister registrou na quinta-feira o terceiro trimestre consecutivo de vendas comparáveis positivas nas lojas, um aumento de 5 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior. Wall Street também está otimista, e analistas do mercado afirmam que a empresa está se estabilizando.

A Hollister fez “um progresso real e sustentável”, escreveu Randal Konik, analista da Jefferies, em uma nota a clientes. Várias iniciativas, como a reforma das lojas, um novo programa de fidelidade e decisões relativas às mercadorias, estão provocando um impacto tangível no desempenho da marca, escreveu ele. Peças de roupa mais baratas, como uma calça jeans por US$ 25, também ajudam.

Paul Lejuez, analista do Citigroup, concordou. Segundo ele, embora a marca talvez não seja tão descolada como era antigamente, a Hollister agora é “muito relevante — e acreditamos que as marcas relevantes sobreviverão neste ambiente”.

No final dos anos 2000, a Hollister governava o varejo adolescente e chegou até mesmo a superar sua marca irmã Abercrombie, mais madura. As escolas secundárias dos EUA estavam repletas de gaivotas Hollister. Em 2011, as vendas atingiram um pico de mais de US$ 2 bilhões.

A marca agora está enfatizando mais a moda em detrimento da publicidade. No entanto, tirar o protagonismo do logotipo tem seus riscos — já é impossível dizer se algumas camisas ou vestidos saíram da H&M, da Zara ou da Forever 21.

Isso significa que a Hollister vai precisar estar sempre na moda. Neste momento, o foco está em jeans desgastados, que a marca considera um item de altíssima relevância no momento. A unidade de jeans da Hollister registrou recordes no último trimestre, informou a empresa.

No entanto, por mais que as roupas que transformavam as pessoas em propagandas ambulantes tenham saído da moda, o inevitável logotipo da Hollister não vai desaparecer completamente. Horowitz deixou claro que sempre haverá um lugar cativo para ele nos negócios da empresa.

Últimas Notícias

Ver mais
Guerra Fria da IA tem novo capítulo: um investimento bilionário da Microsoft no Golfo
Inteligência Artificial

Guerra Fria da IA tem novo capítulo: um investimento bilionário da Microsoft no Golfo

Há 4 horas

Dirigente do Fed reforça que não há pressa para reduzir juros nos EUA
Economia

Dirigente do Fed reforça que não há pressa para reduzir juros nos EUA

Há 5 horas

Câmara dos Representantes vai votar separadamente ajuda a Ucrânia e Israel
Mundo

Câmara dos Representantes vai votar separadamente ajuda a Ucrânia e Israel

Há 5 horas

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de R$ 3,2 milhões
Mundo

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de R$ 3,2 milhões

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais