Cinco momentos da carreira de empreendedor de Elon Musk antes do Twitter

Bilionário ganhou as manchetes nesta segunda após comprar o Twitter, mas trajetória de empreendedor de Elon Musk coleciona outros momentos marcantes
Antes de ser conhecido por comandar a Tesla e SpaceX, Musk cofundou empresa que deu origem ao Paypal (Getty Images/Saul Martinez)
Antes de ser conhecido por comandar a Tesla e SpaceX, Musk cofundou empresa que deu origem ao Paypal (Getty Images/Saul Martinez)
Por Luciana LimaPublicado em 25/04/2022 18:02 | Última atualização em 25/04/2022 18:20Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Nesta segunda-feira, 25, o bilionário Elon Musk ganhou as manchetes após fechar a compra do Twitter por US$ 44 bilhões. A compra vem pouco tempo depois do bilionário entrar (e sair) do conselho de administração da rede social.

Segundo o jornal Wall Street Journal, Musk pretende fechar o capital da empresa, que hoje está listada na bolsa de Nova York. A compra do Twitter pelo bilionário é a primeira empreitada de Musk com redes sociais, mas antes disso o sul-africano já havia colecionado momentos marcantes como empreendedor. EXAME selecionou cinco deles para você relembrar:

Veja, a seguir, cinco momentos da carreira de empreendedor de Elon Musk antes do Twitter:

1 -  Empreendedor precoce 

Filho de um engenheiro, dono de uma mina de esmeraldas, e uma nutricionista, Musk começou a se interessar pelo mundo da tecnologia bem cedo e aprendeu programação sozinho. Com apenas 12 anos, o futuro bilionário criou um jogo de videogame, batizado de Blastar. O game fez tanto sucesso que, pouco tempo depois, Musk vendeu o código-fonte do jogo para a revista PC and Office Technology por US$ 500. 

2. Primeira empresa 

Em 1995, Musk se juntou com o irmão e fundou a sua primeira empresa, a Zip2, uma startup que desenvolveu um software de guia da cidade para jornais. Quatro anos depois, em 1999, durante o boom da internet, Musk e o irmão venderam a startup por US$ 307 milhões.

3. X.com e Paypal 

Com a venda da Zip2, Musk investiu mais da metade do dinheiro para cofundar a X.com, de pagamentos online. Pouco tempo depois, a X.com fundiu-se com a  concorrente Confinity dando origem ao Paypal, com Musk como acionista majoritário. Em 2002, o eBay comprou o Paypal, em uma transação que rendeu para Musk U$S 180 milhões.

Veja também:

Por que Elon Musk está interessado no Twitter?

As seis promessas mais audaciosas que Elon Musk já fez no Twitter

4. Tesla

Embora a Tesla seja automaticamente associada à figura de Musk, a companhia não foi fundada por ele. O bilionário só entrou na startup um ano depois da sua fundação, em 2004, após liderar uma rodada Series A e se tornar o maior acionista da Tesla, além de entrar pro conselho de administração da empresa. Antes de estrear na bolsa, em 2010, a Tesla quase quebrou e Musk teve que pedir empréstimos para cobrir despesas pessoais — já que havia investido praticamente todo o seu dinheiro na empresa. Tudo mudou após o IPO. E em 2012, dois anos após a oferta pública, Musk apareceu pela primeira vez na lista dos bilionários da Forbes, com uma fortuna de US$ 2 bilhões.

5. Negócios fora da Terra

Embora só tenha enviado civis para o espaço no ano passado, a SpaceX, a empresa aeroespacial de Musk foi fundada há mais de 20 anos, em março de 2002. Desde então, a companhia investiu bilhões para construir o Starlink, um satélite avançado para cobrir a Terra com internet ultrarrápida. Além da Starship, o veículo espacial que, segundo Musk, deverá ser usado para realizar turismo em Marte. O bilionário já declarou que quer pousar no planeta vermelho antes de 2030 e na Lua até 2024. A empresa, que é parceira da NASA no projeto Artemis, foi avaliada em US$ 100 bilhões em outubro de 2021.