Mundo

Tribunais da Catalunha recebem reclamações contra polícia local

O tribunal disse em uma declaração que as queixas eram contra a polícia catalã, conhecida como Mossos, por inatividade

Catalunha: polícia nacional espanhola agiu para fechar dezenas de locais de votação no domingo (Albert Gea/Reuters)

Catalunha: polícia nacional espanhola agiu para fechar dezenas de locais de votação no domingo (Albert Gea/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 1 de outubro de 2017 às 15h13.

Madri - O Tribunal Superior da Catalunha disse no domingo que os tribunais da região receberam várias queixas contra a polícia local, por não ter fechado as seções de votação apesar da ordem judicial que proibiu a realização do referendo para independência da Catalunha.

O tribunal disse em uma declaração que as queixas eram contra a polícia catalã, conhecida como Mossos, por inatividade em locais abertos ilegalmente para a votação. O tribunal disse que pediu aos Mossos mais informações sobre as queixas.

A polícia nacional espanhola agiu para fechar dezenas de locais de votação no domingo, muitas vezes entrando em confronto com os eleitores.

Acompanhe tudo sobre:CatalunhaEspanhaReferendo

Mais de Mundo

Ozempic e Wegovy "acabam" com canetas de insulina na África do Sul; entenda

Investimento estrangeiro cai 10% no Brasil em 2023, aponta relatório da ONU

Nicolás Maduro assina documento para respeitar resultados das eleições na Venezuela

Rei da Espanha recusa encontro com Milei em meio à crise diplomática, diz jornal

Mais na Exame