Acompanhe:

Tráfego no Mar Vermelho caiu 22% devido aos ataques huthis, diz UE

Ação dos rebeldes ainda não refletiu no preço das mercadorias, embora o preço do transporte tenha aumentado

Modo escuro

Continua após a publicidade
O navio cargueiro Galaxy Leader, interceptado por rebeldes huthis na cidade iemenita de Hodeida, no Mar Vermelho (Agence France-Presse/AFP Photo)

O navio cargueiro Galaxy Leader, interceptado por rebeldes huthis na cidade iemenita de Hodeida, no Mar Vermelho (Agence France-Presse/AFP Photo)

O tráfego marítimo no Mar Vermelho caiu 22% em um mês devido aos ataques dos rebeldes huthis do Iêmen, o que pode repercutir nos preços, declarou, nesta terça-feira, 23, o comissário europeu de Comércio, Valdis Dombrovskis.

“O tráfego marítimo caiu 22% em um mês”, disse Dombrovskis em coletiva de imprensa após uma reunião informal de ministros europeus responsáveis pelo comércio internacional.

Esta queda será provavelmente ainda maior mais adiante, devido à decisão de muitos operadores de evitar a rota, acrescentou.

O Mar Vermelho, pelo qual o Canal de Suez é acessado, é crucial para o comércio internacional. “Entre 12% e 15% do tráfego mundial passam por essa rota marítima, assim como entre 30% e 35% dos cargueiros”, destacou o comissário europeu.

Cerca de 20 mil embarcações passam anualmente pelo Canal de Suez, porta de entrada e saída do Mediterrâneo para os navios que circulam entre a Ásia e a Europa.

De acordo com Dombrovskis, os ataques dos rebeldes huthis ainda não refletiram no preço das mercadorias, embora o preço do transporte tenha aumentado.

“O impacto econômico nos preços ao consumidor dependerá de quanto durar esta crise”, comentou.

Nas últimas semanas, os rebeldes huthis, aliados do Irã potência regional e rival de Israel , intensificaram seus ataques perto do estreito de Bab al Mandeb, que separa a península arábica da África, em “solidariedade” aos palestinos na Faixa de Gaza.

Estes ataques levaram os Estados Unidos a criar uma força multinacional de proteção marítima no Mar Vermelho, batizada de de Prosperity Guardian.

Os europeus estudam a criação de uma missão para proteger os navios mercantes nesta área.

Os ministros de Relações Exteriores da UE debateram a questão em uma reunião realizada na segunda-feira em Bruxelas e podem anunciar uma decisão antes de seu próximo encontro, em 19 de fevereiro.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Irã: presidente Raisi alerta para resposta 'massiva' se Israel lançar 'a menor invasão'
Mundo

Irã: presidente Raisi alerta para resposta 'massiva' se Israel lançar 'a menor invasão'

Há 6 horas

Ibovespa cai pelo 6º pregão seguido e tem maior sequência negativa em 9 meses
seloMercados

Ibovespa cai pelo 6º pregão seguido e tem maior sequência negativa em 9 meses

Há 10 horas

Livro-bege dos EUA, dólar, IBC-Br e Petrobras (PETR4): os assuntos que movem o mercado
seloMercados

Livro-bege dos EUA, dólar, IBC-Br e Petrobras (PETR4): os assuntos que movem o mercado

Há 12 horas

EUA vai impor novas sanções ao Irã e espera o mesmo de aliados
Mundo

EUA vai impor novas sanções ao Irã e espera o mesmo de aliados

Há 13 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais