Tenda no deserto para assistir a Copa? Catar lança opções diferentes

Com aperto de acomodações em hotéis, país oferece barracas de luxo no deserto e estruturas pré-fabricadas por US$ 200 a noite
Copa do Mundo: torcedores poderão ficar hospedados em tenda no deserto (Getty Images/Getty Images)
Copa do Mundo: torcedores poderão ficar hospedados em tenda no deserto (Getty Images/Getty Images)
B
BloombergPublicado em 18/06/2022 às 16:44.

Alguns torcedores que viajam para Doha para a Copa do Mundo deste ano têm a opção de ficar em barracas no deserto do Catar, com um aperto de acomodações que força os planejadores a encontrar soluções criativas.

As 1.000 tendas oferecidas serão uma pequena parte dos mais de 100.000 quartos disponibilizados para torcedores durante o torneio, disse Omar Al Jaber, responsável pelas acomodações da organização do Catar que supervisiona o planejamento do evento.

As barracas complementarão instalações de cabines pré-fabricadas e estruturas semelhantes a barracas – as chamadas “aldeias de torcedores” – também nos arredores de Doha. Serão opções mais acessíveis. Algumas estão anunciadas atualmente a pouco mais de US$ 200 por noite.

Os hóspedes das barracas mais básicas terão acesso a água corrente e geradores de energia, mas não terão ar condicionado, disse Al Jaber. O clima será relativamente ameno quando o torneio começar em novembro, com altas de temperatura médias em torno de 29 graus.

Cerca de 20% das estruturas serão tendas de luxo com mais comodidades, voltadas para torcedores que buscam uma experiência no deserto, em vez de apenas um lugar para dormir a preços econômicos.

Fornecer acomodações suficientes para os torcedores visitantes, equipes e funcionários do torneio é um desafio para o Catar. Espera-se que mais de um milhão de fãs desembarquem no pequeno país do Golfo Pérsico durante o evento.

Milhares de quartos em muitos hotéis de luxo foram reservados para funcionários e jogadores da FIFA. Para atender à demanda esperada, o Catar também alugou dois navios de cruzeiro de luxo, incentivou os residentes a alugarem suas casas para os visitantes e estabeleceu um sistema regional de voos para que os torcedores possam ficar em países vizinhos.

Al Jaber disse que mais opções de hospedagem estarão disponíveis à medida que o processo de venda de ingressos avançar e a oferta aumentar, incluindo quartos em edifícios que serão concluídos nos próximos meses.

A demanda maior fez com que os aluguéis subissem, apesar de um mercado imobiliário fraco há anos. Inquilinos em alguns hotéis residenciais foram informados de que precisariam se mudar antes do torneio, enquanto outros se mudam devido a aumentos exorbitantes no preço do aluguel.

LEIA MAIS: