Mundo

Seca histórica incendeia Califórnia; veja fotos dramáticas

Estado americano virou um barril de pólvoras em tempo de seca e calor

Seca transforma Califórnia em barril de pólvora (Getty Images)

Seca transforma Califórnia em barril de pólvora (Getty Images)

Vanessa Barbosa

Vanessa Barbosa

Publicado em 3 de agosto de 2015 às 12h58.

São Paulo - A seca histórica e o calor intenso do verão americano transformaram parte da Califórnia em um barril de pólvora.

Violentos incêndios no noroeste do estado deixaram um morto e levaram à evacuação de mais de 12 mil pessoas durante o fim de semana.

As chamas foram deflagradas perto da localidade de Clear Lake, região vinícola em ascenção, e já consumiram uma área de 220 quilômetros quadrados. 

Um contingente de 9 mil bombeiros combatem sem descanso 21 incêndios simultâneos. Até a noite de domingo, apenas 5% deles tinham sido contidos.

O governador da Califórnia, o democrata Jerry Brown, declarou estado de emergência devido aos incêndios. Há previsão de raios e ventos fortes para os próximos dias, o que pode agravar a situação. 

A seca que castiga a Califórnia é considerada a pior em 1200 anos, segundo estudo publicado no periódico científico Geophysical Research Letters.

Acompanhe tudo sobre:CalifórniaIncêndiosSecas

Mais de Mundo

Julgamento de Trump entra em fase final, em meio a suspense sobre seu testemunho

Tensão entre Milei e Sánchez, primeiro-ministro da Espanha, se desdobra em crise diplomática

Tribunal em Londres autoriza Assange a apresentar recurso contra extradição para os EUA

Procurador do Tribunal Penal Internacional pede prisão de Netanyahu e líder do Hamas

Mais na Exame