Mundo

Rompimento de barragem deixa mais de 40 mortos no Quênia

A barragem rompeu perto da cidade da localidade de Mai Mahiu, no Vale do Rift. Casas foram destruídas e uma rodovia foi bloqueada

Desastre: rompimento de barragem no Quênia deixa 40 mortos (Luis Tato/AFP)

Desastre: rompimento de barragem no Quênia deixa 40 mortos (Luis Tato/AFP)

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 29 de abril de 2024 às 09h15.

Ao menos 42 pessoas morreram no rompimento de uma barragem em uma cidade ao norte de Nairóbi, capital do Quênia, informou a governadora da região à AFP nesta segunda-feira, 29. O país do leste da África enfrenta fortes chuvas e inundações.

"Quarenta e dois mortos, uma estimava conservadora. Ainda há mais pessoas na lama. Estamos trabalhando para recuperá-los", disse a governadora do condado de Nakuru, Susan Kihika.

A barragem rompeu perto da cidade da localidade de Mai Mahiu, no Vale do Rift. Casas foram destruídas e uma rodovia foi bloqueada.

Sem contar este incidente, 76 pessoas morreram no Quênia desde março devido às chuvas mais fortes que o habitual que atingiram a região, agravadas pelo fenômeno climático El Niño.

 

Acompanhe tudo sobre:Quênia

Mais de Mundo

“Davos in the Desert” arrives in Rio to search for opportunities between Brazil and Saudi Arabia

“Davos do deserto” chega ao Rio com foco nas oportunidades entre Brasil e Arábia Saudita

Eleições dos EUA terão semanas decisivas; entenda o que estará em jogo

Partido Conservador francês propõe aliança com extrema direita para eleições no Parlamento

Mais na Exame