• AALR3 R$ 20,34 1.40
  • AAPL34 R$ 67,96 -2.78
  • ABCB4 R$ 17,36 4.52
  • ABEV3 R$ 14,11 -0.77
  • AERI3 R$ 3,72 -1.59
  • AESB3 R$ 10,75 0.66
  • AGRO3 R$ 30,95 1.08
  • ALPA4 R$ 20,84 -0.48
  • ALSO3 R$ 19,10 -1.29
  • ALUP11 R$ 26,71 1.17
  • AMAR3 R$ 2,45 4.26
  • AMBP3 R$ 30,53 -2.12
  • AMER3 R$ 23,10 0.65
  • AMZO34 R$ 67,45 -0.34
  • ANIM3 R$ 5,50 -0.72
  • ARZZ3 R$ 81,36 -0.60
  • ASAI3 R$ 15,39 -0.06
  • AZUL4 R$ 21,23 0.00
  • B3SA3 R$ 11,82 2.34
  • BBAS3 R$ 35,68 -0.64
  • AALR3 R$ 20,34 1.40
  • AAPL34 R$ 67,96 -2.78
  • ABCB4 R$ 17,36 4.52
  • ABEV3 R$ 14,11 -0.77
  • AERI3 R$ 3,72 -1.59
  • AESB3 R$ 10,75 0.66
  • AGRO3 R$ 30,95 1.08
  • ALPA4 R$ 20,84 -0.48
  • ALSO3 R$ 19,10 -1.29
  • ALUP11 R$ 26,71 1.17
  • AMAR3 R$ 2,45 4.26
  • AMBP3 R$ 30,53 -2.12
  • AMER3 R$ 23,10 0.65
  • AMZO34 R$ 67,45 -0.34
  • ANIM3 R$ 5,50 -0.72
  • ARZZ3 R$ 81,36 -0.60
  • ASAI3 R$ 15,39 -0.06
  • AZUL4 R$ 21,23 0.00
  • B3SA3 R$ 11,82 2.34
  • BBAS3 R$ 35,68 -0.64
Abra sua conta no BTG

Presidente da Turquia diz que enviará tropas à Líbia

Apesar de o governante turco ter dito que recebera um convite da Líbia para as tropas, autoridades ouvidas pela Reuters não souberam precisar qual convite é
Erdogan: presidente turco deve ter sua proposta de envio de tropas à Líbia votada pelo Congresso nos dias 8 ou 9 de janeiro (Reuters/Carlo Allegri)
Erdogan: presidente turco deve ter sua proposta de envio de tropas à Líbia votada pelo Congresso nos dias 8 ou 9 de janeiro (Reuters/Carlo Allegri)
Por ReutersPublicado em 26/12/2019 15:02 | Última atualização em 26/12/2019 15:02Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Ancara - O presidente turco, Tayyip Erdogan, disse nesta quinta-feira que a Turquia enviará tropas para a Líbia a convite do país até o próximo mês.

A Turquia assinou dois acordos separados há um mês com o governo da Líbia reconhecido internacionalmente de Fayez al-Serraj, um sobre segurança e cooperação militar e outro sobre fronteiras marítimas no leste do Mediterrâneo.

O Governo de Acordo Nacional (GNA), de Serraj, vem liderando uma ofensiva que dura meses contra forças de Khalifa Haftar no leste da Líbia, que receberam apoio de Rússia, Egito e Emirados Árabes Unidos.

Era incerto a qual convite Erdogan estava se referindo, enquanto o ministro do Interior do governo baseado em Tripoli, Fathi Bashagha, sugeriu a repórteres que nenhum pedido oficial fora feito até o momento.

"Se a situação escalar e então tivermos o direito de defender Tripoli e seus habitantes... vamos submeter um pedido oficial ao governo turco para que nos apoie militarmente a fim de que expulsemos fantasmas de forças mercenárias", disse Bashagha nesta quinta-feira.

Forças de Haftar não estavam imediatamente disponíveis para comentar.

 

"Como existe um convite (da Líbia) no momento, nós o aceitaremos", disse Erdogan em um discurso a membros de seu partido AK. "Vamos colocar o projeto de lei de envio de tropas para a Líbia na agenda assim que o Parlamento começar os trabalhos."

A legislação deve ser aprovada entre 8 e 9 de janeiro, acrescentou.

O governo russo manifestou preocupação com a possibilidade de um destacamento militar turco para a Líbia em apoio ao GNA, enquanto Erdogan disse na semana passada que a Turquia não ficará calada diante de mercenários apoiados pela Rússia que defendem Haftar.