Premiê turco promete remover pela raiz movimento de Gülen

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, e o governo atribuem a Gülen o planejamento de uma tentativa de golpe militar na sexta-feira

Istambul - A Turquia irá acabar com o movimento do clérigo radicado nos Estados Unidos Fethullah Gülen "pela raiz", para que nunca mais possa trair o povo turco novamente, disse o primeiro-ministro Binali Yildirim nesta terça-feira, prometendo fornecer evidências de atos irregulares de Gulen às autoridades norte-americanas.

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, e o governo atribuem a Gülen o planejamento de uma tentativa de golpe militar na sexta-feira, na qual mais de 200 pessoas foram mortas, e pediram em discursos pela extradição do clérigo.

Yildirim acusou os Estados Unidos, que disseram que só vão considerar o pedido de extradição caso sejam dadas evidências claras, de padrões duplos na luta contra o terrorismo.

Ele disse que a tentativa de golpe na sexta-feira foi inédita na história de intervenções militares na Turquia porque civis foram alvos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.