Acompanhe:

Poeta é morto em Mianmar após detenção

Obras de Khet Thi declaravam resistência ao governo militar; "eles atiram na cabeça, mas não sabem que a revolução está no coração", dizia

Modo escuro

Continua após a publicidade
Protestos contra governo militar de Mianmar realizado em Londres no começo deste mês (Matthew Chattle/Barcroft Media via/Getty Images)

Protestos contra governo militar de Mianmar realizado em Londres no começo deste mês (Matthew Chattle/Barcroft Media via/Getty Images)

R
Reuters

Publicado em 9 de maio de 2021 às, 15h24.

Última atualização em 9 de maio de 2021 às, 15h27.

O poeta de Mianmar Khet Thi, cujas obras declaram resistência à junta governante, morreu na prisão durante a noite e seu corpo foi devolvido com os órgãos removidos, disse sua família neste domingo.

Um porta-voz da junta não respondeu a chamadas para pedir comentários sobre a morte de Khet Thi, que havia escrito a frase "Eles atiram na cabeça, mas não sabem que a revolução está no coração". Sua página no Facebook dizia que ele tinha 45 anos.

A esposa de Khet Thi disse que os dois foram levados para interrogatório no sábado por soldados armados e policiais na cidade central de Shwebo, na região de Sagaing - um centro de resistência ao golpe no qual a líder eleita Aung San Suu Kyi foi deposta.

"Fui interrogada. Ele também. Disseram que ele estava no centro de interrogatório. Mas ele não voltou, apenas o corpo", disse, em lágrimas, sua esposa Chaw Su à BBC.

"Eles me ligaram de manhã e me disseram para encontrá-lo no hospital em Monywa. Eu pensei que era só por um braço quebrado ou algo assim... Mas quando eu cheguei aqui, ele estava no necrotério e seus órgãos internos foram retirados", disse ela.

Ela foi informada no hospital que ele tinha um problema cardíaco, mas não se preocupou em ler o atestado de óbito porque tinha certeza de que não seria verdade, disse Chaw Su. A Reuters não conseguiu entrar em contato com o hospital para comentar.

Últimas Notícias

Ver mais
Morre soldado dos EUA que ateou fogo ao próprio corpo diante da embaixada de Israel
Mundo

Morre soldado dos EUA que ateou fogo ao próprio corpo diante da embaixada de Israel

Há um dia

PEC que limita candidaturas de militares vai ser debatida em sessão temática no Senado
Brasil

PEC que limita candidaturas de militares vai ser debatida em sessão temática no Senado

Há 4 dias

Empresas têm política, mas não têm orçamento para Direitos Humanos, aponta KPMG
ESG

Empresas têm política, mas não têm orçamento para Direitos Humanos, aponta KPMG

Há 4 dias

Mortes de Ianomâmis em 2023 superam 2022 e governo anuncia hospital exclusivo para indígenas
Brasil

Mortes de Ianomâmis em 2023 superam 2022 e governo anuncia hospital exclusivo para indígenas

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais