Otan se reúne próxima semana para discutir dependência de gás ante guerra

Segundo o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, a guerra demonstrou a dependência do grupo do gás russo
 (Yves Herman/Reuters)
(Yves Herman/Reuters)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 25/11/2022 às 14:21.

Os ministros das Relações Exteriores da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) se reunirão na próxima semana para discutir formas de apoio à Kiev em relação à guerra da Rússia na Ucrânia e desafios colocados pela China.

Segundo o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, a guerra demonstrou a dependência do grupo do gás russo, de forma que será necessário avaliar a dependência de outros "regimes autoritários principalmente a China".

O secretário-geral destacou ainda que, junto à reunião, estarão ministros da Bósnia e Herzegovina, Geórgia e Moldávia para discutir as operações com a organização, visto que os países "enfrentam a pressão russa de muitas maneiras diferentes, portanto, em nossa reunião, tomaremos outras medidas para ajudá-los a proteger sua independência e fortalecer sua capacidade de se defender".

LEIA TAMBÉM:

Otan e Polônia atribuem explosão à Ucrânia e isentam Moscou de ataque

Ucrânia pede que Otan feche seu espaço aéreo