Acompanhe:

ONU pede US$ 29 bilhões para ajuda humanitária de emergência

Esse valor é necessário para dar continuidade aos trabalhos de apoio ao Iêmen, Sudão do Sul, e refugiados e deslocados sírios e venezuelanos

Modo escuro

Continua após a publicidade
Síria: crise de refugiados, com 5,6 milhões de pessoas, é um dos maiores problemas humanitários da atualidade (Ali Hashisho/Reuters)

Síria: crise de refugiados, com 5,6 milhões de pessoas, é um dos maiores problemas humanitários da atualidade (Ali Hashisho/Reuters)

A
Agência Brasil

Publicado em 4 de dezembro de 2019 às, 08h32.

Os programas de ajuda humanitária das Nações Unidas para 2020 precisam de US$ 29 bilhões para dar continuidade aos trabalhos de apoio ao Iémen, Sudão do Sul, e refugiados e deslocados sírios e venezuelanos.

O subsecretário geral da ONU para os Assuntos Humanitários e Ajuda de Emergência, Mark Lowcock, apresentou nesta quarta (4) em Genebra a lista de necessidades financeiras prioritárias para o próximo ano. O valor é inferior ao de 2018 e inclui apoio a 109 milhões de pessoas.

O maior pedido concentra-se na ajuda humanitária à Síria. Neste caso, a ONU pede US$ 3,3 bilhões para ações no interior do país e US$ 5,2 bilhões de dólares destinados ao apoio aos refugiados que se encontram na Turquia, Líbano, Jordânia e Iraque.

"O conflito na Síria continua a provocar a maior crise de refugiados da atualidade, com 5,6 milhões de pessoas nos países que fazem fronteira com o território sírio, sendo que é preciso acrescentar seis milhões de deslocados internos, no interior do país", disse Lowcock.

O Iêmen, outro país em guerra, encontra-se nas prioridades dos programas humanitários das várias agências da ONU, necessitando, segundo a ONU, de US$ 3.2 bilhões para auxílio "à maior crise humanitária atual", de acordo com subsecretário da organização.

No Iêmen, 24 milhões de pessoas precisam de ajuda. O contingente equivale a 80% da população do país.

Para o Sudão do Sul são pedidos US$ 2,5 bilhões e para a República Democrática do Congo, US$ 2,4 bilhões, estando estes dois países no topo de uma lista composta por quase 20 estados do continente africano.

Para a Venezuela são necessários US$ 750 milhões de dólares para auxílio a cidadãos que se encontram no interior do país e US$ 1,35 bilhão para os deslocados internos e refugiados que se encontram nos países vizinhos.

Últimas Notícias

Ver mais
Trump se compara a Navalny por problemas jurídicos e evita criticar Putin
Mundo

Trump se compara a Navalny por problemas jurídicos e evita criticar Putin

Há 3 horas

'Trump violou a Constituição', afirma republicana de 91 anos que busca inabilitá-lo
Mundo

'Trump violou a Constituição', afirma republicana de 91 anos que busca inabilitá-lo

Há 4 horas

Líderes internacionais evitam comentar crise entre Brasil e Israel
Mundo

Líderes internacionais evitam comentar crise entre Brasil e Israel

Há 5 horas

Israel ataca comboio humanitário em Gaza após rota ter sido autorizada pelo Exército, revela ONU
Mundo

Israel ataca comboio humanitário em Gaza após rota ter sido autorizada pelo Exército, revela ONU

Há 6 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais