Mundo

Kerry chega aos EUA para se recuperar de acidente

Secretário de Estado americano sofreu um acidente enquanto praticava ciclismo, que resultou em uma fratura no fêmur


	John Kerry: secretário de Estado deixou hoje Genebra em um avião militar com estrutura médica
 (Jim Watson/AFP)

John Kerry: secretário de Estado deixou hoje Genebra em um avião militar com estrutura médica (Jim Watson/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 2 de junho de 2015 às 06h22.

Washington - O secretário de Estado americano, John Kerry, aterrissou na noite desta segunda-feira no aeroporto de Boston, nos Estados Unidos, para continuar em um hospital do país sua recuperação da uma fratura no fêmur direito, que sofreu em um acidente de bicicleta na Suíça.

Kerry aterrissou no aeroporto Logan de Boston às 20h50 locais (21h50 de Brasília) e se dirigiu diretamente ao Hospital Geral de Massachusetts, informou seu porta-voz, John Kirby.

O secretário de Estado deixou hoje Genebra em um avião militar com estrutura médica e acompanhado de seu médico particular.

Kerry sofreu um acidente ontem enquanto praticava ciclismo, que resultou em uma fratura no fêmur, e passou por procedimentos médicos no Hospital Universitário de Genebra.

O traumatologista particular de Kerry, Dennis Burke, se deslocou dos Estados Unidos especialmente para estar ao lado do paciente e poder acompanhá-lo na viagem de volta.

Em princípio, foi anunciado que Kerry seria transferido ontem pela noite, mas depois se informou que, a pedido dos doutores, passaria a noite no hospital "em observação".

Apesar desta precaução e de ter viajado em um avião com estrutura médica, o secretário de Estado não sofreu nenhum outro ferimento de gravidade.

Kerry aproveitava em Genebra algumas horas livres após ter se sentado com seu colega iraniano, Mohammad Javad Zarif, no sábado, em reuniões que duraram seis horas, em uma tentativa de resolver os empecilhos que ainda existem para se chegar a um acordo sobre o controvertido programa nuclear da República Islâmica.

O diálogo acabou no sábado, antes do previsto, e, ao ter a manhã de domingo livre, o secretário de Estado decidiu passear de bicicleta pelos arredores de Genebra.

Esses passeios se feitos com medidas de segurança bastante rígidas, e, como foi possível ver ontem, Kerry pedalava acompanhado de um médico e um paramédico.

Kerry, de 71 anos, é um ciclista amador e frequentemente leva sua própria bicicleta no avião oficial para poder usá-la nas horas vagas entre reuniões, algo que ocorreu no mês passado em Lausanne durante as negociações nucleares.

O acidente fez com que Kerry, que substituiu Hillary Clinton à frente da diplomacia americana em fevereiro de 2013, tivesse que cancelar uma visita à Espanha. 

Acompanhe tudo sobre:CiclismoEsportesEstados Unidos (EUA)John KerryPaíses ricosPolíticos

Mais de Mundo

Nova York aprova leis para limitar uso de redes sociais por jovens

Como a renda básica a moradores de rua fez essa cidade nos EUA poupar US$ 589 mil

Os EUA vão proibir antivírus Kaspersky no país por 'risco de segurança'; entenda

Bailarina americana doa US$ 50 para instituição da Ucrânia e pode ser presa; entenda

Mais na Exame