Japão suspende alerta de tsunami após novo terremoto

Governo japonês confirmou que cancelou o alerta para ondas de até dois metros na província de Miyagi

Tóquio - A Agência Meteorológica do Japão suspendeu hoje o alerta de tsunami em todas as províncias do nordeste do país, que foi emitido após o terremoto de magnitude 7,4 ocorrido nesta quinta-feira na região.

O alerta de tsunami foi retirado às 12h55 (de Brasília). Em princípio, foi avisado que ondas de até dois metros poderiam atingir a costa da província de Miyagi, e de até meio metro poderiam chegar ao restante do nordeste do país.

O tremor aconteceu às 11h32 (de Brasília) com epicentro a 40 quilômetros de profundidade e outros 40 quilômetros de distância do litoral de Miyagi, uma das províncias mais afetadas pelo terremoto de 9 graus na escala Richter e pelo tsunami de 11 de março.

No entanto, não foi registrado nenhum aumento das ondas, exceto uma pequena mudança na maré à altura da cidade de Ishinomaki, segundo um porta-voz da Agência Meteorológica do Japão.

Apesar da suspensão do alerta, o organismo recomendou aos residentes que evitem se aproximar das áreas litorâneas.

A Agência detalhou que o terremoto foi de 6 graus na escala japonesa de 7 (que leva mais em conta o alcance do tremor que sua intensidade), o mais forte desde o tremor ocorrido no mês passado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.