Acompanhe:

O avião com 48 brasileiros e familiares resgatados da Faixa de Gaza ao Brasil decolou do Cairo, no Egito, pousou por volta das 3h47 (horário de Brasília) desta segunda-feira na Base Aérea de Brasília. A aeronave traz 27 crianças e adolescentes, 17 mulheres, sendo duas idosas, e quatro homens adultos.

Segundo o Itamaraty, o grupo deixou o território palestino pela passagem de Rafah neste sábado e viajou por cerca de seis horas em vans alugadas pelo governo brasileiro até a capital egípcia, junto com funcionários da Embaixada do Brasil em Cairo.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, a lista inicial era de 102 brasileiros e familiares próximos interessados em vir para o Brasil. No entanto, 24 pessoas tiveram a saída negada por Israel — sete com nacionalidade brasileira. Os vetos levaram a desistências, em alguns casos, e separaram famílias, em outros.

No mês passado, o Brasil resgatou 32 pessoas que estavam em Gaza. Duas que tinham recebido permissão para sair desistiram na última hora — uma brasileira de 50 anos e a filha de 12. Agora, elas tentaram entrar nesta segunda lista junto com o pai da menina, de 69 anos. No entanto, apenas a jovem foi autorizada a cruzar a fronteira desta vez.

Brasileiros repatriados da Faixa de Gaza chegam a Brasília

Mais de 10 mil pessoas de cerca de 60 países já foram autorizadas a sair de Gaza pela fronteira com o Egito. Os países que mais resgataram cidadãos nas últimas semanas foram EUA (2.020), Turquia (1.032), Rússia (941), Jordânia (690), Canadá (686) e Alemanha (663). Equipes de outras embaixadas também estão na fronteira para resgatar cidadãos de seus países.

A crise no Oriente Médio começou em 7 de outubro, quando um ataque terrorista do Hamas resultou na morte e no sequestro de 1,2 mil israelenses. Somente no dia 24 de outubro, o Egito abriu a fronteira para que caminhões com alimentos, água, remédios e outros itens de primeira necessidade entrassem em Gaza e estrangeiros pudessem sair do local.

Várias listas com estrangeiros foram autorizadas, mas nenhuma delas incluía brasileiros. Nesta segunda rodada da operação, há nacionais que não quiseram entrar na primeira leva e se arrependeram, mães, pais e outros parentes, segundo um integrante do governo brasileiro.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Israel e Hamas indicam que não há acordo iminente, após Biden sinalizar trégua em breve
Brasil

Israel e Hamas indicam que não há acordo iminente, após Biden sinalizar trégua em breve

Há 5 horas

Guerra atrapalha conserto de cabo submarino danificado no Mar Vermelho
Mundo

Guerra atrapalha conserto de cabo submarino danificado no Mar Vermelho

Há 5 horas

Impacto econômico dos ataques no Mar Vermelho permanece 'moderado', diz OMC
Mundo

Impacto econômico dos ataques no Mar Vermelho permanece 'moderado', diz OMC

Há 20 horas

Macron anuncia coalizão para enviar munições a Kiev e não descarta mobilizar tropas
Mundo

Macron anuncia coalizão para enviar munições a Kiev e não descarta mobilizar tropas

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais