Israel assume responsabilidade por ataque que matou família

O Exército israelense matou 10 membros de uma mesma família palestina em Gaza, justificando que o alvo era um dos integrantes, que seria do Hamas

Jerusalém - O Exército israelense assumiu nesta terça-feira a responsabilidade por um ataque seletivo que matou, em 18 de novembro, 10 membros de uma mesma família palestina em Gaza, afirmando que o alvo era um dos integrantes, "pertencente ao braço armado do Hamas", mas destacou que não foi um erro.

O ataque, o mais violento da operação de Israel de 14 a 21 de novembro na Faixa de Gaza, destruiu uma casa na Cidade de Gaza e matou 12 pessoas, sendo 10 membros da família Dalu e dois vizinhos.

Entre as vítimas estava Mohamed Jamal al-Dalu, de 29 anos, agente de uma unidade da polícia do Hamas, responsável pela segurança e proteção de personalidades.

O Exército israelense havia informado em um primeiro momento que o ataque teve como alvo um chefe militar do Hamas, responsável por disparos de foguetes, mas não confirmou este se estava na residência.

Uma porta-voz do Exército israelense, Avital Leibovich, declarou nesta terça-feira à AFP que o alvo do ataque era Mohamed Jamal al-Dalu.

"Este pai de família era um terrorista conhecido, pertencente ao braço militar do Hamas. Não houve erro do Exército israelense", insistiu.

A morte da família Dalu comoveu a opinião pública internacional.

"O massacre da família Dalu não ficará impune", advertiram as Brigadas Ezzedin al-Qassam, braço armado do Hamas.

Pelo menos 166 palestinos, em sua maioria civis, segundo os serviços de emergência e as organizações de defesa dos direitos humanos em Gaza, morreram em oito dias, assim como seis israelenses, quatro civis e dois militares, segundo a polícia e o exército de Israel.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.