Mundo

Irã intervirá sem restrições para defender santuários xiitas

O presidente do Irã disse que a República Islâmica intervirá sem restrições para defender cidades sagradas xiitas no Iraque


	Hassan Rohani: o Irã está ajudando os curdos a enfrentarem os milicianos de EI
 (Getty Images)

Hassan Rohani: o Irã está ajudando os curdos a enfrentarem os milicianos de EI (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 26 de agosto de 2014 às 10h46.

Teerã - O presidente do Irã, Hassan Rohani, disse que a República Islâmica intervirá "sem restrições" para defender as cidades sagradas xiitas de Karbala e Najaf, situadas no Iraque, dos islamitas sunitas do Estado Islâmico (EI).

"Um dia fomos informados sobre a possível queda de Karbala e Najaf. O presidente disse que essas cidades são a linha vermelha do Irã e que, caso isso ocorresse, não haveria restrições operativas (para o Irã no Iraque)", declarou nesta terça-feira o ministro iraniano do Interior, Abdolreza Rahmaní-Fazlí, à agência de notícias "Mehr".

O ministro também confirmou hoje que o Irã está ajudando os curdos iraquianos a enfrentarem os milicianos de EI, embora não tenha especificado o alcance dessa colaboração.

"Recentemente, o Irã ajudou a organizar os curdos iraquianos quando a região do Curdistão foi atacada pelo EI", assinalou o ministro, que destacou que foi o governo regional curdo que solicitou o apoio de Teerã.

Neste caso, segundo a emissora "Al Arabiya", que cita o presidente do Curdistão iraquiano, Massoud Barzani, essa ajuda teria chegado ao nível de entrega de armamento às forças curdas.

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohamad Yavad Zarif, se encontra desde ontem em visita oficial no Iraque.

Nesta terça-feira, Zarif se deslocou à cidade de Erbil, a capital do Curdistão iraquiano, para se reunir com Barzani, com quem falará sobre a situação no país e a luta contra o EI, grupo extremista que já assumiu o controle de amplas regiões entre o Iraque e a Síria. 

Acompanhe tudo sobre:ÁsiaEstado IslâmicoHassan RohaniIrã - PaísIslamismoSunitas

Mais de Mundo

Primeira viagem de Milei à Espanha como presidente não terá honras militares e coletiva de imprensa

Suprema Corte dos EUA confirma proibição de posse de armas a agressores domésticos

Tribunal impõe penas de prisão à família mais rica do Reino Unido por exploração de funcionários

Dez prefeitos da oposição na Venezuela são inabilitados por 15 anos após apoio a Edmundo González

Mais na Exame