Acompanhe:

Informações sobre doping são "alarmantes", diz presidente da Wada

A entidade começará a enviar ainda hoje os nomes de cada um dos citados no documento para as federações internacionais

Modo escuro

Continua após a publicidade
Wada: em 2017, o trabalho de investigação da Wada será fortalecido

Wada: em 2017, o trabalho de investigação da Wada será fortalecido

E
EFE

Publicado em 9 de dezembro de 2016 às, 14h39.

Redação Central - O britânico Craig Reedie, presidente da Agência Mundial Antidoping (Wada), apontou como alarmante a informação divulgada nesta sexta-feira, na segunda parte do relatório McLaren, que mais de 1.000 atletas estão envolvidos com doping.

A entidade começará a enviar ainda hoje os nomes de cada um dos citados no documento - que, até o momento, estavam ocultos sob um código alfanumérico - para as federações internacionais, ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e ao Comitê Paralímpico, que revisarão os relatórios e avaliarão se serão necessárias mais investigações.

"Mais uma vez, a Wada agradece a Richard McLaren e sua equipe, pelo longo e árduo esforço, que reconfirma a manipulação institucionalizada e o encobrimento nos exames de doping na Rússia", afirmou Reedie, por meio de comunicado.

"O relatório mostra o alcance da subversão. É alarmante ler que podem ser identificados 1.000 atletas russos que estiveram envolvidos ou se beneficiaram de manipulações para esconder resultados positivos", completou o dirigente.

Reedie ainda garantiu que, em 2017, o trabalho de investigação da Wada será fortalecido, em parte, graças ao lançamento de um programa de delatores, que acontecerá em janeiro.

A Agência Mundial Antidoping destaca que o relatório McLaren assegura que as provas apresentadas se baseiam "fatos irrefutáveis", que terão "valor imediato" para federações e comitês olímpicos. A entidade ainda aponta que a investigação da equipe contará com um resumo de provas de cada atleta.

Últimas Notícias

Ver mais
Bélgica abre investigação sobre suposta 'interferência' russa no Parlamento Europeu
Mundo

Bélgica abre investigação sobre suposta 'interferência' russa no Parlamento Europeu

Há 10 horas

Putin critica conferência sobre Ucrânia e diz que não aceitará plano de paz forçado
Mundo

Putin critica conferência sobre Ucrânia e diz que não aceitará plano de paz forçado

Há um dia

Rússia ataca Ucrânia com mais de 40 drones e 40 mísseis, denuncia presidente Ucraniano
Mundo

Rússia ataca Ucrânia com mais de 40 drones e 40 mísseis, denuncia presidente Ucraniano

Há um dia

Olimpíadas de Paris: se chover, qualidade da água do Sena pode adiar maratona aquática
ESG

Olimpíadas de Paris: se chover, qualidade da água do Sena pode adiar maratona aquática

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais