Guerra em Gaza: primeiro-ministro da Palestina renuncia

Anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira, 26

Mohammad Shtayyeh: premiê anunciou sua renúncia nesta segunda-feira.

Mohammad Shtayyeh: premiê anunciou sua renúncia nesta segunda-feira.

Publicado em 26 de fevereiro de 2024 às 06h22.

Última atualização em 26 de fevereiro de 2024 às 06h28.

O primeiro-ministro da Palestina, Mohammad Shtayyeh, afirmou que vai renunciar ao cargo durante uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira, 26. 

"A decisão de renunciar veio à luz da escalada sem precedentes na Cisjordânia e em Jerusalém e da guerra, genocídio e fome na Faixa de Gaza", disse Shtayyeh, que disse que já apresentou sua renúncia ao Presidente Mahmoud Abbas.

“Vejo que a próxima etapa e seus desafios exigem novos arranjos governamentais e políticos que levem em conta a nova realidade em Gaza e a necessidade de um consenso palestino-palestino baseado na unidade palestina e na extensão da autoridade sobre a terra da Palestina”, disse ele.

Os comentários de Shtayyeh surgem à medida que cresce a pressão dos Estados Unidos sobre Abbas para sacudir a Autoridade Palestina e começar a trabalhar em uma estrutura política que possa governar um estado palestino após a guerra.

*Mais informações em instantes.

Mais de Mundo

Ordem judicial retira da oposição venezuelana o controle de um de seus maiores partidos

Equador captura líder criminoso foragido que ameaçou procuradora-geral

Polônia indica que poderia abrigar armas nucleares de outros membros da Otan para conter Rússia

Após prisões em Columbia, protestos contra a guerra em Gaza se espalham por universidades dos EUA

Mais na Exame