Mundo

Greenpeace escala edifício do Tesouro em Londres

Ativistas da ONG pedem a criação de um 'banco ambiental' para financiar projetos que beneficiem o meio ambiente

Cartaz do Greenpeace diz "Lembre-se, George, Banco Ambiental = Mais Trabalho" (Arquivo/Getty Images)

Cartaz do Greenpeace diz "Lembre-se, George, Banco Ambiental = Mais Trabalho" (Arquivo/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 19 de outubro de 2010 às 08h20.

Londres - Quatro ativistas da organização Greenpeace escalaram hoje o edifício do Tesouro em Londres, sede central do Ministério de Economia do Reino Unido, para pedir ao Governo britânico a criação de um "banco ambiental".

O Greenpeace informou que os ativistas escalaram o edifício - às 3h (horário de Brasília) - para estender um cartaz com os seguintes dizeres: "Lembre George, Banco Ambiental = Mais Trabalho".

A mensagem é destinada ao ministro da Economia, George Osborne, que, segundo o Greenpeace, considerou a possibilidade de criar um banco dedicado unicamente a financiar projetos ambientais.

Uma das ativistas, Emma Gibson, manifestou que "é uma mensagem gigante para o chanceler do Exchequer, pedindo-lhe que invista em um banco ambiental, porque a instituição vai criar dezenas de milhares de empregos, no marco de seu plano de revisão dos gastos públicos".

Osborne apresentará amanhã perante o Parlamento os detalhes do programa de cortes de gastos com o qual o Governo quer economizar cerca de 90 bilhões de euros do orçamento público.

Acompanhe tudo sobre:EuropaGreenpeacePaíses ricosReino Unido

Mais de Mundo

Pessoa morre ao entrar em motor de avião da Embraer no aeroporto de Amsterdã

Campanha presidencial mexicana chega ao fim com duas candidatas na disputa

Temperatura na capital da Índia bate recorde e supera 50ºC

Telescópio europeu Euclides descobre novos "planetas órfãos"

Mais na Exame