Acompanhe:

Estudantes protestam por reforma educacional no Chile

Convocados a uma "Marcha em defesa da educação", os estudantes percorreram grande parte do centro de Santiago

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Presidente chilena Michelle Bachelet: de acordo com os organizadores, o protesto contou com a presença de 80.000 pessoas
 (Cris Bouroncle/AFP)

Presidente chilena Michelle Bachelet: de acordo com os organizadores, o protesto contou com a presença de 80.000 pessoas (Cris Bouroncle/AFP)

D
Da Redação

Publicado em 27 de agosto de 2015 às, 16h38.

Milhares de estudantes voltaram nesta quinta-feira às ruas do Chile pedindo uma profunda reforma da educação, cuja implementação por parte do governo de Michelle Bachelet foi mais complexa do que o esperado.

Convocados a uma "Marcha em defesa da educação", os estudantes percorreram grande parte do centro de Santiago. A marcha começou nos arredores da Universidade de Santiago e terminou com um ato cultural na Avenida Blanco Encalada.

De acordo com os organizadores, o protesto contou com a presença de 80.000 pessoas, em um dia frio de inverno em Santiago.

Outros protestos similares foram realizados em cidades como Valparaíso (oeste), Concepción e Temuco, no sul do Chile.

Em Santiago foram registrados alguns incidentes entre encapuzados e a polícia, que utilizou gás lacrimogêneo e jatos d'água para dispersar os manifestantes.

Os estudantes voltaram às ruas insatisfeitos com o avanço de uma ansiada reforma legislativa levada adiante pelo governo de Michelle Bachelet, alvo de diversas modificações.

A nova ministra da Educação, Adriana Delpiano, anunciou há dois dias que seria adiado até o fim do ano o ingresso ao Parlamento de um projeto sobre gratuidade universal, que inicialmente deveria ser despachado em setembro.

Semanas antes, Bachelet anunciou mudanças em outro projeto de lei para aprovar a gratuidade da educação superior a partir do próximo ano para estudantes mais pobres, como primeiro passo para um benefício que se universalizaria a partir de 2020.

Os estudantes buscam acabar com o sistema educacional que se mantém como herança da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990), considerado um dos mais caros e segregados do planeta.

Últimas Notícias

Ver mais
Brasil vai colher frutos por liderar regulação de cripto na América Latina, diz executiva da Ripple
Future of Money

Brasil vai colher frutos por liderar regulação de cripto na América Latina, diz executiva da Ripple

Há um dia

Milhares marcham no Chile para pressionar por avanço de reformas sociais
Mundo

Milhares marcham no Chile para pressionar por avanço de reformas sociais

Há 2 dias

Maior cemitério de roupas do mundo vira passarela de semana de moda
ESG

Maior cemitério de roupas do mundo vira passarela de semana de moda

Há 5 dias

Greta Thumberg é presa durante protesto na Holanda; veja vídeo
Mundo

Greta Thumberg é presa durante protesto na Holanda; veja vídeo

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais