• AALR3 R$ 20,08 -1.08
  • AAPL34 R$ 68,05 1.02
  • ABCB4 R$ 16,70 0.30
  • ABEV3 R$ 14,05 -0.57
  • AERI3 R$ 3,59 -0.55
  • AESB3 R$ 10,76 1.32
  • AGRO3 R$ 31,05 -0.19
  • ALPA4 R$ 20,82 -0.05
  • ALSO3 R$ 19,23 1.16
  • ALUP11 R$ 27,31 0.00
  • AMAR3 R$ 2,47 2.92
  • AMBP3 R$ 30,29 -0.03
  • AMER3 R$ 21,99 -3.89
  • AMZO34 R$ 65,67 2.98
  • ANIM3 R$ 5,52 2.99
  • ARZZ3 R$ 78,99 -1.02
  • ASAI3 R$ 16,01 0.69
  • AZUL4 R$ 20,28 -1.98
  • B3SA3 R$ 11,75 -2.25
  • BBAS3 R$ 37,05 -1.98
  • AALR3 R$ 20,08 -1.08
  • AAPL34 R$ 68,05 1.02
  • ABCB4 R$ 16,70 0.30
  • ABEV3 R$ 14,05 -0.57
  • AERI3 R$ 3,59 -0.55
  • AESB3 R$ 10,76 1.32
  • AGRO3 R$ 31,05 -0.19
  • ALPA4 R$ 20,82 -0.05
  • ALSO3 R$ 19,23 1.16
  • ALUP11 R$ 27,31 0.00
  • AMAR3 R$ 2,47 2.92
  • AMBP3 R$ 30,29 -0.03
  • AMER3 R$ 21,99 -3.89
  • AMZO34 R$ 65,67 2.98
  • ANIM3 R$ 5,52 2.99
  • ARZZ3 R$ 78,99 -1.02
  • ASAI3 R$ 16,01 0.69
  • AZUL4 R$ 20,28 -1.98
  • B3SA3 R$ 11,75 -2.25
  • BBAS3 R$ 37,05 -1.98
Abra sua conta no BTG

Emirados Árabes Unidos: novo líder é meio-irmão do presidente anterior

Os Emirados Árabes Unidos nomearam Mohammed bin Zayed al Nahyan como novo presidente, após a morte de seu meio-irmão, Khalifa bin Zayed Al Nahyan
 (Exame/Leandro Fonseca)
(Exame/Leandro Fonseca)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 14/05/2022 15:45 | Última atualização em 14/05/2022 15:45Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Os Emirados Árabes Unidos nomearam Mohammed bin Zayed al Nahyan como novo presidente, após a morte de seu meio-irmão, Khalifa bin Zayed Al Nahyan.

A mudança de comando deve ter pouco impacto político ou implicações econômicas para o país no curto prazo, já que o novo líder há anos estava envolvido na política doméstica e externa local, ao lado de outros poderosos irmãos e outros líderes da federação.

Sheikh Mohammed é considerado o principal responsável pela decisão dos Emirados Árabes Unidos de manterem relações diplomáticas com Israel e por seus esforços para fazer lobby com os EUA e outras nações a fim de conter o que consideram a política expansionista do Irã no Oriente Médio.

Desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, os Emirados Árabes têm buscado um papel de neutralidade, condenando as ações russas, mas evitando implementar as sanções americanas e europeias, além de manter abertura para russos buscando refúgio ou mudar sua riqueza de endereço. Fonte: Dow Jones Newswires.