Mundo

Dubai Mall, um dos maiores shoppings do mundo, terá expansão avaliada em R$ 2 bilhões

Parque virtual, pista de patinação e loja de doces estão entre as novidades da expansão

Dubai Mall é um dos maiores complexos de lojas do mundo (Nikada/Getty Images)

Dubai Mall é um dos maiores complexos de lojas do mundo (Nikada/Getty Images)

Fernando Olivieri
Fernando Olivieri

Redator na Exame

Publicado em 5 de junho de 2024 às 10h44.

O Dubai Mall, um dos maiores shoppings do mundo, está prestes a ficar ainda maior com uma expansão planejada que custará cerca de R$ 2 bilhões (US$ 408 milhões). O extenso complexo de compras já abriga 1.200 lojas e 200 estabelecimentos de alimentos e bebidas, um aquário de 10 milhões de litros, uma pista de patinação no gelo de tamanho olímpico, uma Chinatown interna, um parque de realidade virtual, um parque temático indoor da SEGA e uma das maiores lojas de doces do mundo, de acordo com informações da CNBC.

Com 1,1 milhão de metros quadrados de área, o shopping também está conectado ao Burj Khalifa, o arranha-céu mais alto do mundo.

A desenvolvedora do shopping, Emaar Properties, anunciou esta semana o plano de expansão do edifício, que adicionará 240 novas lojas de luxo e locais de alimentação e bebida.

Crescimento das fortunas

As fortunas de Dubai dispararam desde a pandemia de Covid-19, pois a cidade realizou uma campanha de vacinação precoce e, em seguida, abriu suas portas para o turismo e negócios, enquanto grande parte do resto do mundo permaneceu fechada.

Os Emirados Árabes Unidos introduziram vistos para trabalhadores remotos e vistos "dourados" de 10 anos e relaxaram as leis de propriedade estrangeira para empresas, hospedando grandes eventos internacionais como a Expo 2020 e a COP 28. Sua população aumentou — assim como suas receitas de turismo e propriedades — após a invasão completa da Ucrânia pela Rússia em 2022, que desencadeou um influxo de russos para suas costas amenas e livres de sanções.

Em setembro de 2023, Dubai registrou um impressionante aumento de 63% nos vistos de residência emitidos no primeiro semestre daquele ano em comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com o Gulf News. Naquele ano, o Dubai Mall recebeu um recorde de 105 milhões de visitantes, de acordo com a Emaar — um aumento de 19% em relação a 2022.

Acompanhe tudo sobre:Emirados ÁrabesDubaiShopping centers

Mais de Mundo

Kate Middleton faz primeira aparição oficial após diagnóstico de câncer; veja vídeo e fotos

Vazamento de petróleo em Singapura fecha praias de ilha turística

Como as eleições na França podem afetar as Olimpíadas — e vice-versa?

O que aconteceu com o Titan? Um ano após implosão, investigação ainda não foi concluída

Mais na Exame