Mundo

Dilma fala sobre câncer e prepara omelete na TV

A presidente gravou nesta segunda-feira sua participação no programa "Mais Você", de Ana Maria Braga, na Rede Globo de Televisão; gravação vai ao ar amanhã

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 1 de junho de 2011 às 08h55.

Brasília - A presidente Dilma Rousseff falou sobre o câncer que teve em 2009, defendeu o uso do termo "presidenta" e fez uma omelete de queijo durante sua participação no programa "Mais Você", de Ana Maria Braga, na Rede Globo de Televisão. Dilma esteve na manhã de hoje na Central Globo de Produção em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, e participou de quatro blocos do programa, que irá ao ar amanhã (1º).

De acordo com nota à imprensa distribuída pela Globo, Dilma agradeceu a solidariedade de Ana Maria Braga, que também teve um câncer. Elas conversaram sobre a luta para combater a doença e sobre a imagem de "durona" da presidente. "É interessante como esperam de nós, mulheres, uma certa fragilidade. Isso decorre do fato de que a mulher, quando assume um alto cargo, é vista fora do seu papel. Acho que, a partir de agora, isso vai começar a ser encarado como uma coisa normal e natural. As pessoas vão se acostumar com cada vez mais mulheres conquistando espaço", disse Dilma.

Em um dos blocos, o programa exibe gravações com brasileiros de todo o País e suas impressões em relação a Dilma. Dilma falou sobre sua história, sobre o papel da mulher na sociedade brasileira e aproveitou para defender o uso do termo "presidenta", que adotou desde que assumiu o cargo. "É para enfatizar que a agora existe uma mulher no mais alto cargo do país, que nós podemos sim chegar longe", afirmou.

O programa também contou com a participação da ex-senadora e ex-candidata à Presidência Marina Silva, que questionou Dilma sobre a falta de igualdade de oportunidade para mulheres no País. A presidente destacou a necessidade de políticas para inserir a mulher no mercado de trabalho e de aproximar o salário das mulheres ao dos homens. Dilma também falou sobre a violência contra a mulher e sobre a Lei Maria da Penha.

No fim do programa, Dilma fez uma omelete de queijo, ao mesmo tempo em que falava sobre o aumento do poder de compra dos brasileiros nos últimos anos. De acordo com a Globo, Ana Maria Braga aprovou a "omelete presidencial".

Acompanhe tudo sobre:CâncerDilma RousseffDoençasPartidos políticosPersonalidadesPolíticaPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosPT – Partido dos Trabalhadores

Mais de Mundo

Chanceler israelense ameaça Hezbollah libanês com 'guerra total'

Alemanha alerta risco de ataques terroristas semelhantes ao de Moscou

Sob críticas da Otan, Putin desembarca na Coreia do Norte para estreitar parceria 'estratégica'

Milei perde apoio em 18 de 24 municípios da Grande Buenos Aires, mostra pesquisa

Mais na Exame