Mundo

Coreia do Sul indica novo ministro da Defesa

Após renúncia de Kim Tae-Young pela reação tímida ao ataque norte-coreano, presidente nomeia Kim Kwan-Jin para pasta

O novo ministro da Defesa norte-coreano, Kim Kwan-Jin, já foi chefe do Estado Maior (Getty Images)

O novo ministro da Defesa norte-coreano, Kim Kwan-Jin, já foi chefe do Estado Maior (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 26 de novembro de 2010 às 11h42.

Seul - A Coreia do Sul apresentou nesta sexta-feira seu novo ministro da Defesa, o ex-comandante militar Kim Kwan-Jin, em substituição a Kim Tae-Young, que se demitiu após o ataque da Coreia do Norte.

O presidente Lee Myung-Bak nomeou Kwan-Jin, ex-chefe do Estado Maior conjunto, para o posto, informou um porta-voz do governo.

Tae-Young entregou o cargo na quinta-feira, assumindo a responsabilidade pela fraca reação militar, muito criticada no país, ao bombardeio norte-coreano contra uma ilha na fronteira, que matou quatro pessoas e feriu 18.

Kim Kwan-Jin, de 61 anos, foi chefe do Estado Maior entre 2006 e 2008, antes de se aposentar.

Lee disse ter levado em consideração "a experiência e o conhecimento estratégico" de Kim Kwan-Jin, que durante 40 anos serviu no Exército.

Acompanhe tudo sobre:ÁsiaCoreia do SulPolítica

Mais de Mundo

Ministro alemão diz que tarifas da UE a carros elétricos chineses não são punitivas

Dez freiras espanholas foram excomungadas pelo Vaticano; entenda

Mulheres israelenses correm para comprar armas depois de 7 de outubro

Mais na Exame