Acompanhe:

Coreia do Norte e Coreia do Sul marcam encontro histórico para 27 de abril

A cúpula entre Kim e Moon acontecerá em Peace House, um pavilhão da Zona de Segurança Conjunta, o único ponto da fronteira militarizada entre os dois países

Modo escuro

Continua após a publicidade
Kim: tecnicamente, os dois países ainda estão em guerra (KCNA/ Reuters/Reuters)

Kim: tecnicamente, os dois países ainda estão em guerra (KCNA/ Reuters/Reuters)

E
EFE

Publicado em 29 de março de 2018 às, 06h38.

Seul - As duas Coreias acordaram nesta quinta-feira durante uma reunião de alto nível na fronteira, que o encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, será realizado no próximo dia 27 de abril.

Como esperado, a cúpula entre Kim e Moon acontecerá em Peace House, um pavilhão do lado sul da Zona de Segurança Conjunta (JSA), o único ponto da fronteira militarizada entre os dois países vizinhos, onde soldados norte-coreanos e sul-coreanos ficam frente a frente, segundo antecipou a agência de notícias "Yonhap".

Representantes dos dois países, tecnicamente ainda em guerra, voltarão a se reunir na própria fronteira, no próximo dia 4, para continuar concretizando detalhes sobre o que será a primeira cúpula intercoreana em 11 anos.

Este encontro será seguido de outro evento histórico, a reunião entre Kim e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, programado para maio, para discutir a possível desnuclearização do regime, sendo a primeira cúpula entre os líderes de Pyongyang e Washington.

No dia 27 de abril acontecerá a terceira cúpula intercoreana, depois das realizadas em Pyongyang em 2000 e 2007 entre o então líder do Norte, Kim Jong-il, e os líderes do Sul, Kim Dae-jung e Roh Moo-hyun.

As cúpulas de abril e maio desencadearam uma atividade diplomática frenética, que deixou de lado o isolamento do regime e que esta semana alcançou sua máxima expressão com a viagem surpresa de Kim Jong-un a Pequim, onde se reuniu pela primeira vez com o presidente da China, Xi Jinping.

 

Últimas Notícias

Ver mais
Crise no Haiti: ONU diz que quase 100 mil pessoas fugiram de Porto Príncipe por violência de gangues
Mundo

Crise no Haiti: ONU diz que quase 100 mil pessoas fugiram de Porto Príncipe por violência de gangues

Há 6 horas

Presidente sul-coreano promete reformas após desastre nas eleições legislativas
Mundo

Presidente sul-coreano promete reformas após desastre nas eleições legislativas

Há um dia

Kim Jong Un: 'É hora de estar mais preparado para a guerra do que nunca'
Mundo

Kim Jong Un: 'É hora de estar mais preparado para a guerra do que nunca'

Há um dia

Bolsa na Coreia do Sul tem leve alta após eleição; premiê põe cargo à disposição
seloMercados

Bolsa na Coreia do Sul tem leve alta após eleição; premiê põe cargo à disposição

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais