Mundo

Começa 2013 em Samoa e Kiribati, no Pacífico

Habitantes dos países situados no Pacífico foram os primeiros a se despedir de 2012 e dar as boas-vindas a 2013


	Ano Novo: em Samoa boa parte de seus cerca 180 mil habitantes começou a festejar o Ano Novo às 8h (de Brasília)
 (Soe Zeya Tun/Reuters)

Ano Novo: em Samoa boa parte de seus cerca 180 mil habitantes começou a festejar o Ano Novo às 8h (de Brasília) (Soe Zeya Tun/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 31 de dezembro de 2012 às 09h00.

Sydney - Os habitantes da ilha de Kiritimati, do país insulano de Kiribati, e de Samoa, ambos situados no Pacífico, foram os primeiros a se despedir de 2012 e dar as boas-vindas a 2013.

Em Samoa, que se recupera da devastação causada em meados do mês pelo ciclone "Evan", que deixou pelo menos seis mortos e cerca de 4 mil pessoas desabrigadas, boa parte de seus cerca 180 mil habitantes começou a festejar o Ano Novo às 8h (de Brasília).

O mesmo já acontece em Kiritimati, chamada também Navidad, onde moram mais de 5 mil pessoas.

Uma hora depois, às 9h (de Brasília), o Ano Novo chegou ao país insulano de Niue, às Ilhas Salomão, Fiji, ao reino de Tonga e à Nova Zelândia - onde as autoridades prepararam, na capital Wellington, pela primeira vez em dez anos, um espetáculo pirotécnico para dar as boas-vindas a 2013.

Na cidade australiana de Sydney espera-se que cerca de 1,5 milhão de pessoas se reúna no píer e nos arredores da emblemática Opera House para assistir ao espetáculo de fogos de artifício que será retransmitido a partir da meia-noite - às 11h de Brasília - por canais de televisão de meio mundo, disse o prefeito, Clover Moore, em entrevista coletiva.

O lema do espetáculo é "Abraço" e terá apresentação da cantora australiana Kylie Minogue, que comemorará no palco em Sydney seus 25 anos de carreira.

Em Jacarta, a capital da Indonésia e onde o Ano Novo começará às 15h de Brasília, as autoridades fecharam o trânsito de uma de suas principais avenidas para erguer seis palcos para as atuações dos artistas que animarão as últimas horas de 2012 e as primeiras de 2013.

Mianmar, assim como os vizinhos Tailândia, Camboja e Laos, países de maioria budista, comemoram o Ano Novo tradicional em meados de abril, embora desde que adotaram o calendário gregoriano, por motivos comerciais, também festejem o atualmente oficial em quase todo o mundo.

Acompanhe tudo sobre:ano-novo

Mais de Mundo

Julian Assange, fundador do WikiLeaks, vai se declarar culpado; entenda

Suprema Corte dos EUA vai avaliar lei que proíbe tratamento hormonal para menores transexuais

Rússia ameaça EUA com 'consequências' após ataque ucraniano na Crimeia

Ex-baixista do Nirvana anuncia candidatura à presidência dos Estados Unidos

Mais na Exame