BC britânico mantém juro em 0,5% pelo 22o mês seguido

Já o programa de compra de ativos de 200 bilhões de libras também também foi mantido

Londres - O Banco da Inglaterra manteve nesta quinta-feira a taxa básica de juro na mínima recorde de 0,5 por cento, julgando que a pressão de queda sobre os preços no longo prazo reduzirá a alta da inflação esperada no curto prazo. O programa de compra de ativos de 200 bilhões de libras também foi mantido.

A inflação ao consumidor britânico foi de 3,3 por cento em novembro e deve atingir 4 por cento nos próximos meses, induzida por preços mais altos de alimentos e combustíveis, além da elevação do imposto sobre vendas.

Economistas ouvidos pela Reuters foram unânimes na opinião de que o BC não mudaria o juro e nem o programa de compra de ativos. Porém, os mercados financeiros já veem uma chance maior de elevação dos juros em maio.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.