Mundo

Air France-KLM cortará quase mil postos de trabalho em 2016

Os cortes integram a primeira parte de um plano de reestruturação da companhia.


	O presidente da companhia francesa, Alexandre de Juniac: "2016 já começou e apenas a segunda parte do plano, em 2017, continua sendo negociável".
 (Eric Piermont/AFP)

O presidente da companhia francesa, Alexandre de Juniac: "2016 já começou e apenas a segunda parte do plano, em 2017, continua sendo negociável". (Eric Piermont/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 18 de outubro de 2015 às 11h14.

A Air France vai suprimir quase mil postos de trabalho em 2016, principalmente com demissões voluntárias, anunciou neste domingo o presidente da Air France-KLM, Alexandre de Juniac.

Os cortes integram a primeira parte de um plano de reestruturação.

"2016 já começou e apenas a segunda parte do plano, em 2017, continua sendo negociável", afirmou Juniac em entrevista à rádio RTL.

Questionado sobre o número de demissões, o executivo foi evasivo, mas respondeu "menos que isto" ao ser perguntado sobre mil cortes de postos de trabalho em 2016.

O número será debatido no próximo comitê central da empresa, na quinta-feira, e incluirá demissões voluntárias, disse Juniac.

O grupo anunciou em 5 de outubro a previsão de um total de 2.900 demissões.

Acompanhe tudo sobre:Air France-KLMcompanhias-aereasDemissõesDesempregoEmpresasEmpresas francesasgestao-de-negocios

Mais de Mundo

África do Sul: eleições nesta quarta-feira podem ameaçar hegemonia de partido governista

Irã eleva estoque de urânio enriquecido a níveis próximos de armas nucleares

Quer mudar de país? Veja os destinos mais procurados no mundo

Família é infectada por vermes após comer carne de urso nos EUA

Mais na Exame