Acompanhe:

23 vítimas do voo MH17 foram identificadas

Especialistas que realizavam trabalhos de investigação deixaram o leste da Ucrânia por conta de combates

Modo escuro

Continua após a publicidade
Uma família em luto por uma das vítimas do voo MH17, da Malaysia Airlines, na catedral de St. Patrick, em Melbourne (Mark Dadswell/AFP)

Uma família em luto por uma das vítimas do voo MH17, da Malaysia Airlines, na catedral de St. Patrick, em Melbourne (Mark Dadswell/AFP)

D
Da Redação

Publicado em 8 de agosto de 2014 às, 13h09.

Haia - Os médicos legistas identificaram 21 novas vítimas, 23 no total, da queda do avião da Malaysia Airlines, informou nesta sexta-feira o governo holandês, enquanto os investigadores internacionais deixaram o leste da Ucrânia em razão dos combates.

O voo MH17 foi abatido em 17 de julho por um míssil disparado a partir de uma área controlada por separatistas pró-russos. Todas as 298 pessoas a bordo, incluindo 193 holandesas, morreram no incidente.

Mais de 220 caixões foram enviados para a Holanda, país responsável por identificar os corpos.

Entre as 21 vítimas identificadas estão 16 holandeses - incluindo um de dupla nacionalidade holandesa e britânica - dois malaios, um alemão, um canadense e um britânico, informou o Departamento de Justiça em um comunicado. Até agora, apenas dois corpos haviam sido identificados.

Todas as famílias foram informadas.

O primeiro-ministro Mark Rutte anunciou na quinta-feira que as buscas pelos restos mortais das vítimas no local do desastre no leste da Ucrânia seriam suspensas devido à insegurança causada pelos combates entre as forças ucranianas e os separatistas pró-russos.

Após esta decisão, dois aviões de transporte militar - um holandês e um australiano - repatriaram para a Holanda 142 peritos da polícia da Holanda, Austrália e Malásia. Ambas as aeronaves pousaram em Eindhoven (sul) à tarde, informou a agência de notícias ANP.

Últimas Notícias

Ver mais
Alemanha vai investigar vazamento de conversa militar confidencial sobre Ucrânia
Mundo

Alemanha vai investigar vazamento de conversa militar confidencial sobre Ucrânia

Há 5 horas

G20: dirigente do BCE afirma ser necessário encontrar solução legal sólida para ativos russos
Mundo

G20: dirigente do BCE afirma ser necessário encontrar solução legal sólida para ativos russos

Há 2 dias

Transição energética e guerra viram pedra no sapato das siderúrgicas da Europa
ESG

Transição energética e guerra viram pedra no sapato das siderúrgicas da Europa

Há 2 dias

Transnístria, região separatista da Moldávia, pede 'proteção' da Rússia
Mundo

Transnístria, região separatista da Moldávia, pede 'proteção' da Rússia

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais